Sky produz vídeo contra novas regras para operadoras de TV a cabo

No comercial, atletas brasileiros questionam validade da lei que exige 30 minutos de produção nacional por dia.
  • Visualizações11.536 visualizações
Por Felipe Demartini em 29 de Fevereiro de 2012

 

A Sky divulgou um vídeo no qual convoca seus assinantes a protestarem contra a lei 12.485/2011. Já aprovada e sancionada, as novas regras estabelecem cotas de pelo menos 30 minutos de produção nacional diária em todos os canais de TV a cabo, além de permitir que empresas de telecomunicações também atuem nesse mercado.

A proposta, claro, não agradou às empresas que já trabalham no setor, o que motivou o vídeo divulgado pela Sky. Nas imagens, atletas como Giba e Gustavo, do vôlei, e Marquinhos, do basquete, afirmam que a lei pode alterar toda a programação da TV a cabo e criticam o fato de noticiários e conteúdos esportivos não serem considerados como produções nacionais.

Para entrar em vigor, a Lei 12.485/2011 depende apenas da regulamentação da Ancine, agência que vai controlar o cumprimento às novas normas. Uma ação no Supremo Tribunal Federal, questionando a validade da proposta, também foi movida pelo DEM (Democratas).



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!