Não é magia, é tecnologia: janela deixa o ar circular e bloqueia ruídos

Tecnologia se aproveita de alguns fenômenos acústicos curiosos para bloquear a passagem do som.
  • Visualizações16.889 visualizações
Por Cássio W. Barbosa em 8 de Julho de 2013

Não é magia, é tecnologia: janela deixa o ar circular e bloqueia ruídosAmpliar (Fonte da imagem: Reprodução/MIT Technology Review)
Um dos maiores problemas enfrentados pelos moradores de grandes centros urbanos é a poluição sonora. Especialmente em dias de grande calor, dependendo do local da cidade em que você vive, muitas vezes é mais interessante deixar as janelas fechadas (apesar do clima abafado) do que ter que aguentar o barulho dos vizinhos.

Pensando nesse problema, pesquisadores sul-coreanos da Universidade Marítima Nacional de Mokpo encontraram uma forma de resolver a situação com uma incrível janela capaz de permitir que o ar circule ao mesmo tempo em que não deixa o barulho passar.

As duas janelas são criadas a partir de duas placas de acrílico transparentes separadas por 40 milímetros. Isso cria uma câmera de ressonância que diminui a energia das ondas sonoras que passam por ali. Além disso, a janela também tem perfurações de 50 milímetros que permitem que mais ondas sonoras consigam entrar e “ficar presas” na câmara de ressonância.

Os detalhes científicos de todo o processo são mais elaborados e podem ser encontrados (em inglês) no MIT Technology Review. Enquanto isso, a invenção é capaz de reduzir o ruído exterior entre 20 a 30 decibels: o suficiente para transformar o barulho provocado pelo trânsito de uma avenida movimentada em algo como murmúrios de baixa intensidade.

Enquanto o objetivo inicial da invenção é encontrar uma forma de conciliar ventilação com a redução dos níveis de poluição sonora externa em residências e escritórios, é possível também, teoricamente, estender a sua aplicação para criar ventiladores coolers ultrassilenciosos para reduzir a temperatura dos hardwares do futuro de maneira ainda mais eficiente.

Fonte: MIT Technology Review



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!