A Razer tem uma proposta bem diferente da das outras fabricantes quando o assunto é relógio inteligente. Em vez de apostar em um smartwatch cheio de recursos, a empresa especializada em produtos para jogos trouxe um acessório que faz o básico, mas entrega o visual agressivo que é característico da marca gamer.

Tivemos a oportunidade de testar esse smartwatch enviado pela Razer durante alguns dias, analisando todos os pontos inerentes a esse produto. Confira o que achamos do Razer Nabu Watch nesta análise.

O Razer Nabu Watch foi cedido por empréstimo pela Razer para a realização desta análise.

Especificações técnicas

  • Bateria substituível com vida útil de 12 meses (Bateria do tipo CR2032)
  • Sinalização a cada hora
  • Cronômetro de 1/100 segundos
  • Capacidade de mensuração: 23:59’.59.99’’
  • Calendário automático
  • Padrão de 12 ou 24 horas
  • Sincronização de horário com o celular
  • OLED 128x16 single color
  • Acelerômetros 3-axis
  • Motor cilíndrico de vibração
  • Botão único
  • Bateria de polímero de lítio com vida útil de até 7 dias
  • Resistência à água (5ATM)
  • Carregamento via porta USB
  • Peso: 79 gramas

Design

Esse relógio traz a identidade visual da marca, com uma construção robusta e bastante chamativa. A parte principal é revestida com um material emborrachado, o que garante proteção contra impactos de até 5 metros e resistência à água em até 5 ATMs. A parte traseira é metálica e possui apenas o conector para carregamento.

A pulseira, que também é de material emborrachado, possui um mecanismo eficiente para ficar bem preso. Há cinco botões: quatro nas bordas para interagir com as funcionalidades do relógio e um para mexer na tela OLED. O Nabu Watch não é um acessório pesado – apenas 79 gramas –, mas sua robustez pode incomodar quem não está acostumado a usar relógios. Ainda há uma variação de aço inoxidável e acabamento preto: o Nabu Watch Forged Edition.

Funcionalidades

É possível dividir as funcionalidades do Nabu Watch em duas partes. A primeira delas é a de relógio tradicional, com função de horário mundial, temporizador, cronômetro, alarme e visor retroiluminado. A outra é a parte inteligente do relógio. Ela é capaz de fazer a contagem de passos, calorias queimadas, distância percorrida, tempo de atividade e de repouso.

Os sensores do Nabu Watch funcionam bem, registrando com uma precisão razoável a maioria dos indicadores. O relógio sincroniza com o smartphone por meio do Bluetooth, e é preciso baixar o Nabu app – disponível para Android e iOS – para fazer a conexão.

O aplicativo ainda permite configurar algumas funcionalidades do relógio e acompanhar os indicadores de atividade. Porém, ele infelizmente só está disponível em inglês, mas oferece uma interface de fácil utilização. Quando conectado, o Nabu Watch exibe as notificações de alguns aplicativos – como Facebook, a chegada de email ou aviso de mensagens – de forma muito discreta na pequena tela OLED na base do relógio, o que é muito bom para evitar que bisbilhoteiros fiquem de olho em suas informações. As vibrações também avisam quando há novas notificações.

Bateria

A bateria do Nabu Watch pode ser dividida em duas. O relógio tradicional usa aquela pilha substituível do tipo moeda e pode durar até 12 meses. Já a tela OLED e as funcionalidades inteligentes usam uma bateria recarregável que promete autonomia de sete dias. O carregamento, nesse caso, é bastante rápido, exigindo apenas cerca de 2 horas conectado ao computador.

Em nossos testes, usando todos os recursos do relógio, precisamos recarregar depois do quinto dia. O carregamento do Nabu Watch é feito através de um conector proprietário da Razer. Ele se prende de forma magnética ao acessório e pode ser conectado a um PC ou carregador.

Vale a pena?

A proposta da Razer com o Nabu Watch é muito interessante. Esse acessório é ideal para quem deseja um dispositivo inteligente, mas não quer abrir mão das funcionalidades tradicionais de um relógio. A vantagem aqui é poder contar com uma bateria de longa duração.

Mesmo que a tela OLED e os sensores parem de registrar suas atividades, o relógio ainda vai continuar funcionando. Os recursos inteligentes do Nabu Watch são simples, mas atendem ao que foi proposto pela empresa. Com preço sugerido de R$ 1 mil, essa é uma boa opção para quem está buscando um relógio que faz mais do que apenas mostrar as horas.

Você acha que já está na hora de comprar um relógio inteligente? Comente no Fórum do TecMundo!