Intel Core i7-3960X: o processador mais caro que o dinheiro pode comprar

Chip com seis núcleos reais e clocks de quase 4 GHz chega ao mercado norte-americano por 1.050 dólares.
  • Visualizações140.245 visualizações
Por Renan Hamann em 12 de Dezembro de 2011

Intel Core i7-3960X: o processador mais caro que o dinheiro pode comprar

A Intel lançou no mercado norte-americano o mais novo modelo de processadores da linha Sandy Bridge Core i7 Extreme (os mais potentes de cada geração). Sob o nome i7-3960X, o chip traz alguns recursos arrasadores que superam, de longe, até mesmo os mais completos dispositivos que faziam parte do catálogo da empresa.

Como top de linha da fabricante de processadores, é de se imaginar que um preço alto seja cobrado por ele. A Intel anunciou valores que se iniciam nos 990 dólares para revenda e não encontramos lojas virtuais dos Estados Unidos vendendo o dispositivo por menos de 1.049 dólares (1.875 reais).

Você quer saber quais são os recursos oferecidos pelo processador? Então se prepare para conhecer um pouco mais sobre as principais características presentes no chip que é o top de linha da Intel para este Natal.

Seis núcleos de processamento

Um dos principais pontos do Intel Core i7-3960X são os seis núcleos reais (cores) e doze simulados (threads) rodando em clocks (clique aqui para saber mais sobre o tema) de 3,3 GHz, podendo chegar aos 3,9 GHz graças à tecnologia Turbo Boost. Isso garante uma gama muito grande de operações e serviços sendo executados ao mesmo tempo, sem apresentar travamentos.

Intel Core i7-3960X: o processador mais caro que o dinheiro pode comprarAmpliar (Fonte da imagem: Divulgação/Intel)

E esses clocks podem ser ainda mais altos, graças ao desbloqueio de multiplicador oferecido pelo processador. Geralmente, chips possuem o multiplicador bloqueado, obrigando os usuários que querem fazer overclock a alterarem a tensão elétrica aplicada ao dispositivo.

Com o desbloqueio, as frequências permitidas no clock podem ser aumentadas para deixar o processador ainda mais rápido. “Mas o que este multiplicador está multiplicando?” A resposta está na frequência do Barramento Frontal da placa-mãe, pois é ela que será levada até o processador.

Por exemplo: uma placa-mãe com Barramento Frontal de 200 MHz para ter a frequência de processamento de 2 GHz precisará de um processador com multiplicador de 10 vezes. Se este multiplicador for bloqueado, para o overclock, será necessário modificar a tensão (voltagem). Mas se for desbloqueado, será possível alterar para 11 ou 12 e conseguir clocks de 2,2 ou 2,4 GHz, respectivamente.

Memória cache de 15 MB

A memória cache é o local em que ficam armazenadas as informações de acesso rápido do computador. São dados frequentemente acessados pelo chip, evitando que existam períodos de latência entre ordem e execução das tarefas. Caso a memória cache não existisse, os processos seriam limitados à velocidade da memória, perdendo muito do que os processadores têm a oferecer.

Intel Core i7-3960X: o processador mais caro que o dinheiro pode comprarAmpliar (Fonte da imagem: Divulgação/Intel)

Atualmente, processadores apresentam capacidade de memória cache para até 8 MB, com alguns casos mais avançados de 12 MB. O novo processador Intel Core i7-3960X vai muito além disso e oferece 15 MB para os usuários.

Controle de memória em quatro canais 1600 MHz

Para oferecer mais compatibilidade entre CPU e RAM, o Intel Core i7-3960X apresenta tecnologia de controle de memória em quatro canais. Isso garante frequências de até 1600 MHz para acesso mais rápido às informações que estão armazenadas no computador.

Esses quatro canais de comunicação permitem uma largura de interface de memória de até 51,2 GB/s. Segundo a própria Intel, o controlador de memória do Intel Core i7-3960X garante menos latência para “desempenho incrível em aplicativos que exigem processamento mais intenso”.

Novo chipset X79

Junto com o processador, a Intel apresentou o novo chipset X79, que garante muito mais recursos do que a versão anterior (X58). Uma das principais melhorias é o suporte à tecnologia PCI-Express 3.0, que oferece muito mais velocidade na transmissão de dados entre as  placas de expansão e a placa-mãe. Também serão controlados pelo novo chipset:

Intel Core i7-3960X: o processador mais caro que o dinheiro pode comprarAmpliar (Fonte da imagem: Divulgação/Intel)

  • Intel High Definition Audio;
  • 8 portas PCI-Express;
  • 6 portas SATA;
  • Intel SSD 3.0;
  • Intel Firmware e BIOS;
  • Intel Extreme Tuning;
  • Rede ethernet;
  • Até 14 portas USB 2.0.

Alto consumo de energia

O Intel Core i7-3960X não pretende ser modesto em nada. Sendo criado para desktops, ele consome muito mais energia do que qualquer processador feito para notebooks. A média de gasto é de 130 watts, o que demanda fontes mais potentes para suprir toda a energia.

Lembrando que o processador foi criado para computadores mais robustos, a maioria dos usuários também deve possuir placas de vídeo mais fortes e outros componentes que também exigem mais eletricidade. Por isso, é essencial que a fonte utilizada seja bastante avançada e compatível com o sistema.

.....

Mesmo com o alto consumo de energia, este processador é um dos melhores que podem ser encontrados atualmente. Os seis núcleos reais do chip fazem com que ele seja perfeito para os games mais avançados da atualidade, contando ainda com os benefícios da compatibilidade com as placas de expansão PCI-Express 3.0.

Se você está procurando montar um computador que possa permanecer com o mesmo chip principal por alguns anos, o Intel Core i7-3960X é uma ótima opção. O preço dele é um pouco salgado, mas caso você tenha condições de compra-lo, dificilmente se arrependerá. 



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!