Qual é o melhor gravador de CD/DVD?

O Baixaki testou os softwares para criação e gravação de CDs/DVDs mais populares do site. Confira qual se saiu melhor!
  • Visualizações262.021 visualizações
Por Adriel Kotviski em 13 de Maio de 2009

Atualmente é comum que os computadores venham com drives de CD/DVD que possibilitam além da leitura, a gravação de mídias. O drive, é claro, é indispensável para que se realize tal tarefa, porém, também é necessário o uso de um software para que assim seja possível escrever em mídias virgens.

Os computadores (e drives, quando comprados separadamente) novos costumam vir com softwares que auxiliam na criação de CDs/DVDs, mas você sabe se o software que veio junto com seu computador é bom o bastante para o que você procura? Será que não existem alternativas melhores que se adaptam mais ao seu perfil?

Neste artigo você verá uma análise dos softwares para gravação e criação de CDs/DVDs mais populares do Baixaki. Os softwares a serem avaliados serão os seguintes: Nero, CDBurnerXP, Express Burn, StarBurn e Ashampoo Burning Studio.

 

Logos dos Programas.

 

Requisitos Mínimos

 

Primeiramente, serão analisados quais são os requisitos mínimos exigidos por cada um dos programas. Os dados foram retirados do site dos desenvolvedores de cada software.

 

Instalação

 

Durante a instalação, alguns programas se saíram melhores e outros piores. Enquanto o mais completo é muito demorado, o mais enxuto possui uma instalação super rápida e prática. Confira qual foi o roteiro de instalação que cada programa apresentou:

Nero

A instalação do Nero é um tanto quanto demorada. É preciso ter um pouco de paciência enquanto aguarda-se a extração dos arquivos iniciais. Após esta etapa, é necessário entrar no site do Nero e fazer pedido de uma serial key – caso o usuário ainda não tenha uma – para poder instalar o Nero, ainda que na versão trial.

Após inserir a serial key e concordar com os termos de utilização do programa, aparecerão duas opções para instalação do Nero: “Típico”, na qual são instalados todos os recursos do programa, e “Personalizada”, na qual o usuário seleciona quais opções deseja instalar em seu computador.

Por padrão, na opção “Personalizada” são selecionadas as inúmeras funções que o Nero oferece, e caso o usuário queira instalar apenas o básico terá de retirar da seleção cada opção não desejada, clicando sobre cada item do menu e em seguida em “Este recurso não estará disponível.” – o que pode ser bem chato para aqueles que querem instalar o mínimo possível.

Já se você desejar instalar tudo o que o Nero tem a oferecer, basta selecionar a opção “Típico” (caso já não esteja selecionada) e clicar em prosseguir. Mais uma vez, tenha paciência, pois a instalação é demorada, já que quase 2GB de arquivos serão instalados em seu computador.

CDBurnXP

A instalação do CDBurnXP é rápida e prática. Ao abrir o arquivo, rapidamente ela é iniciada. Após o terceiro “next” clicado, aparece uma tela com as opções disponíveis, e caso o usuário deseje uma instalação mais enxuta, basta selecionar “Compact installation”. Prosseguindo, bastam mais alguns “nexts” e em pouco tempo o software estará instalado em seu computador.

Express Burn

A instalação do Express Burn foi a mais rápida. Após abrir o arquivo de instalação, basta apenas concordar com os termos de uso do programa e em seguida clicar em “Avançar” para que a instalação seja concluída. Após o término da instalação o Express Burn ofereceu a instalação de outros programas – conversor de áudio, editor de vídeo, editor de imagens, etc. –, mas que não são obrigatórios para que o aplicativo principal funcione.

StarBurn

Durante a instalação do StarBurn não existem muitas opções a serem escolhidas. A instalação é rápida, e assim como no CDBurnXP poucos cliques são necessários para que ela chegue ao fim.

Ashampoo Burning Studio

O Ashampoo também possui uma instalação descomplicada e sem muitas opções a serem escolhidas. Segue a linha de instalação do CDBurnXP e do StarBurn, possuindo uma instalação que é concluída em poucos cliques e sem muita demora.

 

Usabilidade

 

Após ser concluída a instalação, foram observadas quais eram as facilidades que os programas ofereciam na hora de gravar discos. Usuários que nunca mexeram com um programa de gravação deste tipo poderiam ficar perdidos ao iniciarem o programa, já que são inúmeras as opções de tipos de discos possíveis a serem gravados O fato do programa possuir suporte ao português também é um ponto positivo.

Nero

Assim que iniciado, o Nero mostra a janela do Nero StartSmart, na qual estão contidas todas as opções de criação de disco e demais complementos que o Nero disponibiliza. As opções estão divididas em abas, e ao lado esquerdo encontram-se botões de acesso rápido às opções principais do programa.

 

 

Após escolher o tipo de disco que será gravado, o Nero abre outra janela para que você escolha opções mais detalhadas sobre a criação do disco e para que os arquivos sejam adicionados. Se você preferir utilizar os botões de acesso rápido, as opções para a gravação do disco serão abertas na própria janela. Em seguida, você deverá clicar em “adicionar” para selecionar os arquivos a serem gravados no disco e após isso clicar em “Gravar”.

CDBurnerXP

Assim que você abre o programa, um menu é aberto mostrando as principais opções que você pode escolher. Após selecionar a opção desejada, um navegador de arquivos é aberto, por onde você pode navegar através das pastas do seu computador para encontrar os arquivos que você deseja. Depois de tê-los encontrados, basta arrastar os arquivos para o espaço localizado abaixo do navegador.

Janela do CDBurnerXP.


Express Burn

O Express Burn apresenta uma interface bem simples, com um menu principal na parte superior da janela do programa. Nesse menu você escolhe o tipo de disco que pretende gravar. Em seguida, você deve clicar em “Add files” para adicionar os arquivos desejados.


Janela do Express Burn.

 

StarBurn

Ao iniciar o StarBurn, ele apresenta um navegador de arquivos similar ao apresentado pelo CDBurnXP. Ao lado esquerdo localiza-se um menu com as opções para gravação de mídia. Após selecionar a opção desejada, uma janela é aberta com um passo-a-passo para a criação do novo CD/DVD.

 

 

Ashampoo Burning Studio

O Ashampoo apresenta um menu ao lado esquerdo da janela principal do programa com as opções para criação de C/DVD. O menu e os submenus são bem detalhados, explanando bem o que cada opção irá realizar.

 

 

Após ter selecionado o que você pretende fazer, o programa abre uma janela de acordo com a opção  desejada. Ao clicar em “Adicionar”, o programa abre uma pequena janela para você navegar nas pastas do seu computador e encontrar os arquivos a serem gravados no CD/DVD.

 

Análise Geral

 

Áudio

Foram realizados testes utilizando arquivos de áudio nos formatos MP3, WMA, WAV e OGG. Com exceção do Nero – que não apresentou suporte para o formato OGG – todos os demais apresentaram suporte a todos os formatos.

Vídeo

Também foram testados quais são os tipos de arquivos de vídeo que cada programa pode suportar. Os arquivos de teste utilizados eram do formato AVI, MP4, 3GP, FLV e MOV. Apenas os programas Ashampoo (através da opção “Copiar arquivos de filme...”) e Express Burn (opção normal para gravação de DVD Vídeo) apresentaram suporte aos arquivos utilizados para teste.

Quanto aos demais, o Nero e o StarBurn só permitem a gravação de VCD e SVCD, e o CDBurnerXP não possui suporte para gravação de CD/DVD de vídeo.

Idioma

É importante também que o programa possua suporte ao idioma português, pois assim fica muito mais fácil o entendimento e a utilização do programa. Os programas StarBurn e Express Burn ainda não contam com este diferencial. Ponto para os demais.Blu-Ray.

Blu-Ray

Com a crescente popularização do Blu-Ray, é indispensável que um software para criação de discos tenha suporte para a gravação deste tipo de mídia. Neste quesito, todos foram aprovados.

Arquivos de Imagens

Todos os programas possuem suporte para criação e gravação de arquivos de imagens de discos. Alguns programas que apresentaram diferenciais foram o Nero, e o Ashampoo, que criam imagens em formatos únicos utilizados por eles (formato NRG do Nero e ASHDISC do Ashampoo) – o que pode não ser tão vantajoso, já que só eles irão lidar com os arquivos de imagens gerados – e o CDBurnerXP que possui a opção de conversão de imagens no formato NRG e BIN para o formato ISO, o qual é o mais utilizado no mercado.

Riqueza dos menus


Maior quantidade de menus e submenus também é importante – desta forma, o usuário encontra mais rápido o modo de gravação adequado para o disco que ele pretende criar. Neste quesito, quem ganha é o Nero, pois apresenta mais de uma forma de se criar discos para a mesma finalidade (através do menu e dos botões de acesso rápido). O Ashampoo não fica muito atrás, pois conta com menus e submenus muito bem divididos.

Explicação dos menus

Quanto mais explicativos forem os menus do programa, melhor e mais fácil será a utilização para o usuário. O Ashampoo se saiu muito bem no quesito, pois cada menu é rico em detalhes, mostrando inclusive onde os discos poderão ser rodados após serem gravados. O Nero também possui menus bem explicados, porém, os do Ashampoo são melhores.

Menu do Ashampoo.

Desempenho

Um quesito importantíssimo é qual é o desempenho do programa em relação ao uso de processamento e memória do computador. Foram realizados testes enquanto gravava-se um disco dvd de dados.

Quem levou a pior foi o StarBurn, pois precisou de quase 190MB de memória para ser utilizado, enquanto o Nero utilizou 165MB, Ashampoo 163MB, CDBurnXP 25MB e o Express Burn, o qual se saiu melhor, utilizou apenas 10MB de memória. Quanto ao uso de processamento, todos apresentaram baixíssimo uso (o qual foi de no máximo 2%).

Em idle (estado normal, com o programa aberto, mas sem executar nenhuma tarefa), quem levou a melhor também foi o Express Burn, utilizando apenas 5MB de memória. O Ashampoo foi o que precisou de mais: 90MB. Quanto aos demais, o Nero fez uso de 54Mb, o CDBurnerXP utilizou 24MB e o StarBurn precisou de 12MB.

Extrair aúdio de CDs


Nem todos os programas testados apresentaram este recurso. Os que dispõe desta ferramenta são os programas Nero, Ashampoo e StarBurn.

Estabilidade


O programa deve possuir grande estabilidade durante o uso, pois caso contrário serão perdidas mídias durante gravações. O único programa que apresentou instabilidade durante o uso foi o Express Burn, os demais comportaram-se normalmente. Ponto negativo para o Express Burn.

 

Características Únicas - Prós e Contras

 


Opções Extras do Nero.

Nero

O maior diferencial do Nero são as aplicações que ele oferece juntamente do software principal. São ferramentas que auxiliam na edição de arquivos multimídia – fotos, vídeos e músicas – para que possam ser modificados antes de serem gravados.

Apesar de toda a funcionalidade do Nero, este diferencial pode se tornar um problema quando o usuário possui uma máquina menos potente. Vale lembrar que o Nero foi o único que não apresentou suporte para gravar CDs de áudio a partir de arquivos OGG.

Outros fatores negativos são a instalação demorada e o fato do programa ser pago (porém, a versão para teste é bastante funcional).

 

 

 

CDBurnXP

O CDBurnXP foi o segundo programa mais leve dentre os que foram testados – perdeu apenas para o Express Burn. Ele é grátis, e um grande diferencial apresentado nele foi o conversor de arquivos de imagens nos formatos BIN e NRG para o formato ISO.

O maior defeito do programa é não possuir suporte para criação de CDs/DVDs de vídeo, o que pode ser algo indispensável para várias pessoas.

Express Burn

O maior diferencial desse programa é a sua leveza. Nos testes realizados condizentes ao uso de memória e processamento, o Express Burn foi o que exigiu menor esforço do computador. Infelizmente, ele não é em português, o que pode vir a ser um problema para pessoas que não possuam conhecimento da língua inglesa.

StarBurn

Apesar de não ocupar muito espaço em disco e não aparentar ser muito pesado, o StarBurn foi o programa que mais exigiu recursos do computador quando foram realizados os teste de gravação. Se sua máquina não for muito nova, pode ser que ela pene para rodar o programa. O programa é shareware, e dispõe de 25 dias para teste do programa. Após o período chegar ao fim, não é possível continuar utilizando o programa.

Assim como o Express Burn, StarBurn não possui interface em português. Outro ponto negativo, mas não tão grave, é o fato de que o CDBurnXP não permite você iniciar um projeto de criação sem que a devida mídia já esteja inserida no drive.

Ashampoo Burning Studio


O Ashampoo apresentou os melhores menus, pois além de serem em português são muito bem explicados. Ele também foi um dos únicos que suportou gravar os arquivos de vídeos testados. Apesar do programa ser pago, a versão utilizada nos testes (Ashampoo Burning Studio 2009) é grátis.

O aplicativo foi um dos mais balanceados. Apesar de toda a funcionalidade que ele apresenta, não é o mais pesado. O único quesito em que ele peca é o fato de não possuir mais recursos para lidar com arquivos multimídia, assim como o Nero. Porém, isto pode não ser um problema para usuários menos exigentes.

 

Resultados Finais

 

Cada quesito foi avaliado e pontuado, de modo que a pontuação máxima por item é cinco (quando o software apresentou conteúdo exemplar na função) e a mínima é zero (quando não havia função avaliada). Segundo os quesitos de avaliação, quem se saiu melhor foi o Ashampoo!

 

Qual a Sua Opinião?

 

Apesar da nossa análise ter apontado o Ashampoo como melhor software para criação e gravação de CDs/DVDs, pode ser que você prefira o Nero por possuir mais funções extras ou o Express Burn por ser o mais leve. Qual programa você usa em sua casa? Qual você acha que é o melhor? Por quê? Nos dê sua opinião!



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!