O que é roteador?

Ele é essencial nas redes domésticas e talvez seja justamente o que você está precisando!
  • Visualizações311.012 visualizações
Por Equipe Baixaki em 2 de Janeiro de 2009

Com o barateamento dos computadores, notebooks e produtos de informática, tornou-se comum a presença de dois, três ou até mais computadores em uma mesma casa. O grande problema que alguns usuários enfrentam é quanto ao acesso a internet para todos os computadores.

A solução é bem simples: uma rede. A rede possibilita muito mais do que a interligação entre os computadores e o compartilhamento de arquivos, ela permite o acesso simultâneo (ou seja, todos os computadores podem acessar ao mesmo tempo) a grande rede mundial: a internet.

O roteador organiza tudo...

Fora cabos, placas de rede, e o modem, há uma importante peça que pode facilitar de sobremaneira a configuração de uma rede: o roteador. A função do roteador é bem simples: ele identifica quando um micro se conecta a rede e então ele define um IP para esse micro. Após isso a tarefa que ele cumpre é de organizar como os dados vão trafegar pela rede.

Salienta-se que há roteadores mais sofisticados que funcionam até mesmo como modem. Evidentemente, tais produtos são mais caros que os roteadores comuns, porém são um tanto compensadores visto que você pode economizar uma boa quantidade de dinheiro e cabo.

Roteador sem fio?

A conexão sem fio chegou para ficar!Os roteadores estão cada vez mais aprimorados, sendo que os recentes lançamentos funcionam organizando as redes sem fio. O melhor de tudo, é que além de trabalhar sem a utilização de cabos, eles trazem a opção para quem ainda não abandonou os cabos.

A tecnologia presente nos novos roteadores wireless é muito rápida e proporcionam alto nível de segurança. Ao comprar um roteador sem fio, você provavelmente notará que ele traz alguma especificação com o número “802.11”. Tal número faz referência ao protocolo (conjunto de instruções e padrões) que é usado nas redes sem fio.

Ao longo do tempo, diversos padrões 802.11 foram surgindo e o que os diferenciou sempre foram quesitos de velocidade, segurança, alcance e especificações avançadas.

Para que o usuário não acabasse se confundindo entre os diversos padrões, as empresas adotaram um modo de mostrar ao usuário quais as características de cada padrão. Utilizando uma letra junto ao número 802.11, os roteadores sem fio tornaram-se comuns e acessíveis aos usuários domésticos.

Atualmente o padrão mais comum é o 802.11g, o qual proporciona boa velocidade, alcance e segurança para o usuário. No entanto, o novo padrão — denominado de 802.11n — já está implementando nos equipamentos, e este sim, trará muitas novidades e benefícios aos felizardos que possuem sua própria rede sem fio.

Escolhendo um roteador

Esta tarefa nem sempre é fácil, visto que há várias marcas, padrões e diferenças imperceptíveis entre o grande acervo de aparelhos. Apesar disso, o que mais conta na hora de você comprar seu roteador é optar por um produto que seja compatível com sua placa de rede e que possa atender ao número de computadores que terá em sua rede.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!