Fotografia: como fotografar animais de estimação

O Baixaki selecionou algumas dicas de como você pode conseguir imagens bonitas de seus bichinhos, sem precisar sofrer para obter um bom resultado.
  • Visualizações22.601 visualizações
Por Daniele Starck em 18 de Março de 2011

Fonte da imagem: Dani Starck/Baixaki

Cachorros não param de correr, gatos são curiosos, pássaros fogem... Estes são apenas alguns dos problemas ao fotografar nossos animais de estimação – e bichos em geral. E nem sempre temos em mãos uma câmera superpotente para amenizar a situação.

Para ajudar você a conseguir boas fotografias de seus animais de estimação, listamos algumas dicas que podem tornar o processo mais fácil e gerar imagens legais para você guardar de recordação.

Mesmo com as câmeras mais simples, é possível fazer boas imagens. Basta ficar atento ao animal, prestar atenção nele e clicar no momento certo!

Conheça bem seu bichinho

A primeira dica é saber a rotina do animal. Nossos bichos sempre têm cantos preferidos para dormir e passar o tempo, além de brinquedos favoritos e horários para comer, tomar água e passear.

Faça um exercício de observação e perceba quais são seus lugares favoritos da casa, onde eles ficam mais à vontade. Isso facilita bastante na hora de conseguir fotografar, pois você pode escolher os momentos em que estão mais calmos.

Fonte da imagem: Dani Starck/Baixaki

Fonte da imagem: Dani Starck/Baixaki

Cachorros, por exemplo, são mais agitados. Fazer imagens enquanto eles estão sonolentos é mais fácil, pois eles não vão dar atenção para você ou para a câmera. Além disso, vão estar parados, evitando que as fotos fiquem borradas.

O mesmo acontece para gatos. Os bichanos curiosos logo correm em direção a máquina fotográfica para ver o que é. Mas se estão brincando com algo ou em seu cantinho, prontos para uma soneca, dificilmente vão dar bola para as fotos.

A mesma dica vale para outros bichos. É sempre bom conhecer seus lugares favoritos e o que fazem por lá. Se você sabe quais os costumes do animal, fica mais fácil escolher o momento certo para fotografar.

Distração

Quanto mais discreto você for, melhor. O bicho quer atenção, mas não sabe que precisa posar para uma fotografia. Portanto, escolher momentos em que eles estão entretidos com brinquedos ou comidas pode resultar em fotos muito legais, permitindo que você chegue bem perto sem que eles percebam.

Fonte da imagem: Dani Starck/Baixaki

Fonte da imagem: Dani Starck/Baixaki

Se você possui mais de um bicho, colocá-los para interagir também é uma boa forma de passar despercebido com a câmera. Além disso, fotografar animais com seus donos e com crianças pode gerar fotos carinhosas e espontâneas.

Cenário

Pensar o cenário para a foto é importante, pois quanto melhor for o plano de fundo, mais legal o resultado final. Almofadas, tapetes coloridos e brinquedos são acessórios legais para compor a imagem – e podem ser utilizados especialmente nos momentos em que eles estão mais tranquilos.

Fonte da imagem: Dani Starck/Baixaki

Fonte da imagem: Dani Starck/Baixaki

Levar seu bichinho (principalmente cachorros) em parques também gera bons resultados. Gramados, flores e paisagens bonitas fazem com que você possa seguir o animal com a câmera sem se preocupar com coisas que podem não ficar legais ao fundo da fotografia.

Luz!

A iluminação é uma questão muito importante. Como sabemos, nenhum bichinho fica parado esperando que você o fotografe. Por isso, quanto maior a velocidade do disparador da câmera, melhor.

Em digitais compactas, em que não é possível alterar manualmente a velocidade, você pode optar pela função de fotografar esportes para não ter fotos borradas e conseguir congelar um momento.

No entanto, quanto maior a velocidade, mais iluminado deve ser o ambiente, pois a velocidade do obturador nada mais é do que o tempo que a luz tem para ser captada. Sendo assim, quanto menos tempo, menos luz a câmera pode captar – e por isso não borra a fotografia.

Fonte da imagem: Dani Starck/Baixaki

Fonte da imagem: Dani Starck/Baixaki

Sendo assim, leve seu animal de estimação para passear, ou abra bem as portas e janelas e deixe a luz entrar. Evite usar o flash da câmera, pois ele raramente gera bons resultados. Os olhos do bicho podem ficar vermelhos, a iluminação estoura e você perde detalhes da imagem, além de escurecer o que estiver atrás.

Fotografe de perto, varie o ângulo

O mais comum é pegar a câmera, apontar para o bicho e fotografar olhando para baixo. Fotos de cima podem ficar bonitas, mas é possível trabalhar um pouco mais o ângulo e o enquadramento para captar novas perspectivas dos bichinhos.

Fonte da imagem: Dani Starck/Baixaki

Fonte da imagem: Dani Starck/Baixaki

Chegar perto das gaiolas de pássaros e aquários, deitar no chão e ficar na mesma altura do animal são caminhos para boas fotografias. No caso de animais soltos, use e abuse do zoom de sua câmera. Ele pode ser muito útil para fotografar pássaros, por exemplo, que se assustam facilmente com a presença humana.

Capture momentos inusitados

Nossos bichinhos vivem aprontando e nos surpreendendo. E fotos legais e engraçadas podem surgir nestes momentos. Aproveite aquele lugar inusitado para dormir, uma ação atrapalhada ou brincadeiras diferentes para produzir suas fotografias.

Fonte da imagem: Dani Starck/Baixaki

Fonte da imagem: Dani Starck/Baixaki

E não precisa nem mesmo ser um bicho de estimação. Estar com a câmera sempre a postos possibilita fotografar quando a árvore do vizinho fica cheia de pássaros, ou quando um cachorro perdido visita sua casa.

E ao final, você terá boas fotografias para guardar de recordação de seus animais de estimação, além de imagens que podem ilustrar seu computador e decorar as paredes de sua casa.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!