Os planos de internet móvel para tablets e smartphones estão cada vez mais populares no Brasil — e isso muita gente já imaginava. Porém, o que realmente surpreende é o tamanho desse crescimento: o acesso ao 4G já conseguiu se equiparar à banda larga fixa tradicional.

Segundo dados da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil) de dezembro de 2015, o número de acessos em banda larga móvel 4G chegou a 25,4 milhões em todo o Brasil, igualando-se ao número de acessos em banda larga fixa.

Para que isso acontecesse, o crescimento da cobertura 4G precisou ser expressivo. A rede móvel agora está em 469 municípios, concentrando mais da metade da população brasileira (55% no total). Em todo o ano de 2015, o número de municípios com cobertura triplicou.

A banda larga móvel, considerando os acessos em 3G e 4G, fechou o ano de 2015 com 191,8 milhões de acessos (crescimento de 14% em relação ao ano anterior). As redes de 3G já estão instaladas em 4.420 municípios, que concentram 95% da população brasileira. Já na banda larga total, considerando fixa e móvel, o balanço de 2015 mostra um total de 217,2 milhões de acessos, apresentando um crescimento de 13% no ano.

Só que as notícias não são necessariamente boas, já que o aumento do uso acabou coincidindo também com o aumento de impostos. Desde o início de 2016, as alíquotas de ICMS subiram em serviços de telecomunicações, incluindo banda larga. Além disso, o fim da Lei do Bem fez aumentar o preço dos aparelhos móveis em geral.

Você usa mais a banda larga fixa ou móvel? Comente no Fórum do TecMundo