A Carl Zeiss, empresa especializada no desenvolvimento e na produção de lentes para os mais variados tipos de câmeras (incluindo os componentes de captura dos modelos mais recentes da linha Lumia), acaba de anunciar o seu próprio headset de realidade virtual.

O grande diferencial do produto, que foi batizado de VR One, é o fato de ele ser destinado para o uso com smartphones. Assim, embora o equipamento mais conhecido do gênero seja o Oculus Rift, o principal concorrente dessa novidade é o Samsung Gear VR.

Se as funcionalidades e as especificações técnicas de ambos os dispositivos são parecidas, a grande diferença entre eles está no preço. Enquanto o modelo da Zeiss será vendido por US$ 100 (que hoje é o equivalente a aproximadamente R$ 245), o eletrônico da sul-coreana tem valor previsto de US$ 200.

Outra discrepância dos concorrentes está diretamente relacionada à sua compatibilidade. Se o Gear VR, a princípio, funciona somente com os aparelhos da Samsung (por enquanto em especial com o Galaxy Note 4), o VR One promete atuar com um leque maior de eletrônicos já que não possui uma restrição inicial de marca. Aliás, ele possui seu próprio SDK de desenvolvimento para iOS e Android, e apps para essas plataformas devem ser lançados junto com o headset.

Contudo, o aparelho recém-anunciado aparenta ter algumas limitações, pelo menos nesses primeiros momentos de vida. Essa primeira versão do VR One suporta aparelhos com telas de 4,7 a 5,2 polegadas, os quais são encaixados em um compartimento especial dentro do headset. Por enquanto, o eletrônico conta com modelos os quais têm esse espaço compatível somente com iPhone 6 e Samsung Galaxy S5.

A Zeiss não informou uma data exata de lançamento para o VR One e seus apps, mas o aparelho está programado para chegar às prateleiras em dezembro deste ano.

Cupons de desconto TecMundo: