Na última terça-feira (24), dois grupos de defesa do consumidor nos Estados Unidos – Campanha por uma Infância Livre de Comerciais (CCFC, na sigla em inglês) e Centro pela Democracia Digital (CDD) – registraram denúncias contra o app YouTube Kids. As queixas foram feitas junto à Comissão Federal de Comércio por causa de anúncios publicitários de redes de fast-food, companhias alimentícias e de bebidas veiculados no aplicativo.

A aplicação é voltada para crianças a partir da idade pré-escolar e possui um algoritmo que filtra os resultados de pesquisas do YouTube normal para que os jovens usuários não sejam expostos a materiais que não condizem com sua faixa etária. No entanto, canais de empresas como Coca-Cola e Burger King encontraram formas de driblar essa restrição e exibem propagandas de seus produtos através do aplicativo.

Após instalarem o app, os responsáveis pela criança que o utilizará são instruídos por meio de um tutorial a como alterar as configurações dos filtros do programa, incluindo a desativação de anúncios. Além disso, no texto do acordo de uso do aplicativo está explicito que a Google não se responsabiliza pelo material produzido e exibido por terceiros.

Reincidência

Os grupos de defesa esperam que a Comissão investigue tanto as companhias que produzem os comerciais quanto a empresa dona do YouTube Kids, esta última por supostamente não praticar suas próprias políticas. Nesse caso, elas se referem ao fato de o aplicativo não bloquear conteúdos que podem influenciar negativamente o desenvolvimento das crianças.

Esse não é o primeiro problema que o aplicativo YouTube Kids tem com grupos de defesa do consumidor. Em maio deste ano, publicamos uma matéria em que o app era acusado de permitir a exibição de conteúdos não indicados para crianças, como bebidas alcoólicas, brincadeiras com fogo, suicídio e material com cunho sexual.

Você acha que a Google deve ser responsabilizada por comerciais produzidos por companhias alimentícias em seu app voltado para crianças? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: