“Quem não gosta de samba, bom sujeito não é. Ou é ruim da cabeça, ou é doente do pé”. O trecho da música composta há mais de 60 anos por Dorival Caymmi se tornou um verdadeiro sinônimo para ilustrar o sentimento de quem gosta de samba ou carnaval. E, gostando ou não do assunto, nesta época do ano é praticamente impossível fugir dele.

Embora nem todas as cidades do país sejam carnavalescas - e talvez essa nem seja sua praia - nem por isso você vai deixar de se divertir e aproveitar o feriadão prolongado. No mundo digital também não é diferente.

Pensando nisso, a Unidos do Baixaki preparou uma seleção especial de vídeos e memes divertidos para você garantir a sua diversão. Se o único bloco que você viu o ano inteiro foi o Bloco de Notas, prepare-se para cair na folia.

Avassalador 

O grupo carioca Os Avassaladores pode não ser muito conhecido do público, mas ao lançar o seu primeiro clipe, logo de cara chamou a atenção na internet. O vídeo bastante simples se tornou um webhit quando ganhou uma montagem, associando a música à abertura do anime Sakura Card Captors. O vídeo já está perto de alcançar a marca de 1 milhão de acessos. 

Além disso, graças ao sucesso da primeira montagem, dezenas de outras versões criativas se espalharam pela web. Vale a pena conferir as versões Dance, Lady Gaga, Globeleza, Radiohead, Justin Bieber e Tylenol.

Ritmos Transudos do Brasil 

Há um tempo atrás, Hermes e Renato era um dos programas de maior sucesso na MTV. Entre as muitas esquetes de humor que se tornaram uma verdadeira febre no Brasil, uma das mais divertidas era a série “Ritmos Transudos do Brasil”. Feijó da Guitarra e banda Poesia da Terra apresentam a dança “Virilhada”. 

A dança é uma paródia das festividades locais do Norte do país, em especial da festa do Boi-bumbá, um dos maiores eventos folclóricos do país, realizado todos os anos naquela região.

Marchinhas 2.0

As marchinhas de Carnaval foram, no início do século passado, uma das maiores tradições da época de festas. Muitas delas eram tão divertidas que permanecem até hoje vivas na memória dos brasileiros. Porém, o pessoal do site Vida Ordinária decidiu dar a algumas delas um visual mais moderno.

O resultado é uma série de vinhetas com o ritmo das marchinhas tradicionais de Carnaval, mas com letras relativas ao dia a dia da internet. Vale a pena conferir o ótimo resultado.

Dança do Street Fighter 

Nascido na década de 90 o game Street Fighter se tornou um dos maiores clássicos dos jogos de luta, sendo considerado um dos melhores do gênero até em hoje em suas versões mais recentes. Como ninguém havia pensado em colocar elementos do game em uma música?

A dupla JP e Mantena pensou nisso e criou um axé chamado “Dança do Street Fighter”. O vídeo rapidamente se tornou um fenômeno em sites e blogs. E, mesmo que você não goste do ritmo, é impossível não rir diante da paródia.

Forró do PacMan

Músicas de duplo sentido sempre fizeram sucesso junto ao público. Agora, imagine reunir em um forró PacMan, Mortal Kombat, Street Fighter e um cenário virtual de gosto duvidoso. O resultado é o clipe “Come-Come”, estrelado pelo cantor Emerson.

Repare nos cenários construídos virtualmente e nas referências ao mundo dos games. Além disso, a música é daquelas difíceis de tirar da cabeça. Está esperando o que para assistir ao vídeo?

Minha Mulher Não Deixa Não

Duvidamos que você ouça essa música até o final e consiga tirá-la da cabeça depois de alguns minutos. O forró “Minha Mulher Não Deixa Não”, do grupo Forró Pegado, já era sucesso no Nordeste, mas quando chegou à internet se espalhou pelo Brasil inteiro.

A letra é simples e sem duplo sentido, mas a animação do refrão-chiclete virou motivo de piada e, claro, webhit. O sucesso do grupo já chegou à TV, já que recentemente o Forró Pegado foi um das atrações do Domingão do Faustão, na Rede Globo. 

Superman – A Liga da Justiça