O YouTube já usava o Content ID fazia algum tempo para identificar vídeos que tinham problemas com direitos autorais. Porém, não havia uma maneira fácil de descobrir se uma música seria silenciada ou o vídeo bloqueado antes de o usuário fazer o upload final. 

O site finalmente começou a facilitar o processo para quem produz conteúdo. Agora, com o lançamento da biblioteca de áudio do YouTube, fica fácil conferir quais são as restrições para uma música que esteja tocando no vídeo antes de fazer o upload ou até mesmo de produzir o vídeo.

Como descobrir se a música está protegida

É só pesquisar o nome da música ou banda e clicar no arquivo desejado para saber as restrições correspondentes àquela faixa específica. Muitas das trilhas na aba “músicas com anúncios” só indicam que o upload estará sujeito a propagandas e que não será possível gerar receita com ele.

Algumas faixas indicam na descrição que o vídeo será bloqueado em alguns países. Em outros casos, a descrição mostra que a música não está disponível para uso, e, caso seja utilizada, o upload pode ser bloqueado ou o som, desativado.

Além disso, o YouTube alerta que mesmo as músicas listadas como “com anúncios” podem ter as políticas alteradas pelos proprietários dos direitos autorais e que podem ser tomadas medidas diferentes das descritas no site.

Banco de sons

Como alternativa, o YouTube também oferece um banco de músicas e efeitos sonoros gratuitos para serem utilizados no vídeo. É possível pesquisar por gênero, humor, instrumento, duração e destaques ou marcar os favoritos para utilizar futuramente.

Para solicitar monetização do vídeo com uma das faixas gratuitas que o YouTube oferece, é só incluir o exato título da música na parte de documentação adicional e informar que arquivo foi obtido na biblioteca de áudio do YouTube.

Cupons de desconto TecMundo: