Quando o Orkut virou mais que uma febre entre os brasileiros, o termo Rede Social começou a aparecer entre os freqüentadores do serviço. Porém, entre recados, álbuns, comunidades e tudo mais, o site se espalhou como uma ferramenta para falar de si mesmo ou para manter contatos. Como conseqüência, a palavra Rede Social não foi levada em seu sentido acadêmico de estudo.

Em primeiro lugar, é importante separar dois conceitos: o de Rede Social e o de Serviço de Rede Social. O primeiro, grosso modo (muito, muito superficial mesmo) designa uma estrutura de pessoas ou organizações ligadas umas às outras por um ou mais fatores de interdependência. Esses fatores podem incluir valores, visões de vida, ideais, amizade, etc. Já o segundo representa uma maneira para a divulgação de uma rede social.

O Orkut não é uma Rede Social, e sim uma ferramenta.O Orkut é um Serviço de Rede Social online, ou seja, ele permite e facilita a manutenção desses grupos através da internet. Assim como outros exemplos de Serviço de Rede Social, a ferramenta da Google utiliza a web para fornecer diversos recursos para que pessoas com os mesmos interesses ou vínculos mantenham esta relação e, principalmente, acompanhem as atividades dos grupos com os quais elas se identificam.

Porém, se pesquisar pela internet, você vai encontrar diversas vezes a definição do serviço da Google como sendo uma Rede Social. Aí acontece uma mistura de conceitos devido à popularização do site. Antes mesmo do Orkut, diversos estudiosos (como Barry Wellman, Mark Granovetter e Katherine Faust), apresentaram seus trabalhos sobre o conceito de Rede Social. Para se ter uma idéia: o livro Social Structures: A Network Approach (Estruturas Sociais: Um Estudo de Rede) foi publicado em 1988.

Barry Wellman, um dos mais renomados estudiosos do tema.O problema é que estes estudos são muito direcionados a acadêmicos e outras pessoas interessadas. Então chegou o Orkut como uma bomba e a idéia de que o serviço representava o conceito total de Rede Social se espalhou incontrolavelmente.

Uma Rede Social é muito mais do que colegas que se reencontraram no Orkut e marcaram uma festinha. É um conceito extremamente amplo, apto para ser objeto de estudo de Trabalhos de Conclusão de Curso ou até mesmo de Doutorados devido à sua complexidade. Ele envolve todas as nossas necessidades de comunicação, de nos identificarmos com um grupo e de mantermos estes grupos ativos.

Recentemente, a empresa Synovate promoveu uma pesquisa, e os resultados apontaram que mais de 50% entre 13 mil entrevistados em 17 países não sabem o que é uma Rede Social. Este número chegou a este nível justamente por essa mistura de conceitos: ao ser perguntado o que é uma Rede Social, muitas pessoas realmente não têm idéia, outras se lembram do Orkut e então respondem que sabem. De fato, este número deve ser muito maior, uma vez que a pergunta se dirigiu a sites de serviço de Rede Social, e não ao conceito acadêmico do termo.

É melhor pararmos por aqui e ficar com a idéia de que uma rede social é um mapa de tudo que liga pessoas ou o que quer que seja dentro de um grupo, de uma amostra. O objetivo de criar estes grupos varia muito, podendo ser a obtenção de dados simples ou até mesmo o estudo de como o vírus HIV pode se espalhar dentro desta amostra, só como um exemplo. Então, surge a necessidade de acompanhamento dos membros e das atividades deste grupo, e o Orkut, juntamente com outras ferramentas modernas, levou este rastreamento a um outro nível de popularidade.

Um exemplo da Rede Social entre os admiradores do Baixaki.

Cupons de desconto TecMundo: