(Fonte da imagem: Reprodução/Microsoft)

O Google emitiu uma notificação judicial solicitando que a Microsoft remova o aplicativo do YouTube para Windows Phone de sua loja online e bloqueie todas as instalações futuras. De acordo com o documento, o software bloqueia os anúncios nos vídeos exibidos, o que constitui uma violação das regras de criação de programas para acesso à rede de vídeos.

Além disso, o app permitiria também o download nativo de clipes, algo que também vai contra a política do Google. A questão primordial aqui, de acordo com a notificação, é o corte nas receitas oriundas do conteúdo. As atitudes da Microsoft, de acordo com a gigante das buscas, “afetam o ecossistema em constante expansão do YouTube”.

A relação entre Microsoft e Google devido ao YouTube no Windows Phone é bastante estremecida. A gigante das buscas se recusa a criar um aplicativo nativo para o sistema operacional, enquanto a empresa de Redmond já afirmou antes que estava sendo impedida de acessar os dados do site de vídeos para produzir sua própria versão do app.

 Caso a solicitação do Google seja atendida, os usuários de Windows Phone acabarão obrigado a utilizar apenas aplicativos de terceiros ou se contentar com a versão mobile do YouTube, acessível pelo navegador de internet.

Cupons de desconto TecMundo: