(Fonte da imagem: Reprodução/YouTube)

Pode parecer bobagem, mas os fãs de artistas contemporâneos travam verdadeiras guerras no YouTube para definir qual músico conta com mais visualizações em seus respectivos canais. O problema é que isso foi longe demais: o site de vídeos notou várias operações suspeitas que aumentavam as contagens ilegalmente – e resolveu cortar todas elas de uma vez.

O caso mais recente é da artista pop Lady Gaga: nesta semana, ela perdeu cerca de 156 milhões de visualizações em seu canal da VEVO, diminuindo consideravelmente seu número total. Em resposta às dúvidas dos fãs, um representante do site confirmou que não se tratou de um bug ou falha de segurança, mas sim de um fortalecimento das políticas de visualizações do site.

Hackers teriam criado técnicas que aumentaram artificialmente quantas vezes certos clipes foram vistos – atividade descoberta pelo YouTube ao analisar o desempenho de alguns dos vídeos mais populares de alguns artistas.

Em dezembro de 2012, cerca de 2 bilhões de visualizações foram apagadas de várias celebridades que mantêm um canal VEVO – e, na época, o site disse se tratar de um problema de migração de contas, mas agora tudo aponta para um extermínio de acessos falsos.

Cupons de desconto TecMundo: