Se você tem acompanhado as polêmicas recentes, sabe que o icônico youtuber PewDiePie, também conhecido pelo nome real de Felix Kjellberg, teve o contrato com a Disney cancelado e a parceria com o YouTube prejudicada depois de um vídeo polêmico com cartazes antissemitas serem mostrados. Agora, o apresentador enviou uma gravação como resposta.

Se você não viu a história original, clique neste link para uma versão mais detalhada sobre o caso. Depois do ocorrido, PewDiePie finalmente se pronunciou sobre o caso e disse que entende que ele errou a mão e a piada foi “longe demais”. A intenção original era provar que as pessoas farão qualquer coisa por US$ 5 (R$ 15).

As pessoas fazem qualquer coisa estúpida por US$ 5, mas será que o exemplo precisava ter cunho preconceituoso?

“Eu sinto muito pelas palavras que usei, pois sei que elas ofenderam diversas pessoas e admito que a piada foi longe demais. Eu acredito fortemente que é possível criar piadas com tudo. Mas eu também acredito que há uma maneira certa e não uma melhor maneira para brincar com as coisas”, disse Felix Kjellberg.

O youtuber quis deixar claro que ele não tem a mentalidade de “eu faço a piada que eu quero e isso não me afeta”. Se você quiser ver todo o conteúdo, basta assistir ao vídeo acima, no qual ele diz que a mídia o atacou e que foi acusado de incitar o ódio. De uma forma ou de outra, o próprio PewDiePie admitiu o erro e quer melhorar como pessoa depois do ocorrido.

Via TecMundo Games.