Faz um tempo que o YouTube vem realizando acordos com empresas da indústria fonográfica e agregadores. Tudo isso porque muitos canais costumavam utilizar músicas de artistas brasileiros como trilha sonora de vídeos, e os compositores não recebiam nem um centavo pela exposição. Agora, a Google anunciou que está pagando os direitos autorais para os compositores brasileiros.

"O primeiro pagamento sobre os direitos que representamos foi feito recentemente. Assim, como os nossos associados estão começando a receber valores pelo uso de seus conteúdos, retroativos inclusive, tenho certeza de que todos os titulares de direitos autorais terão seus direitos assegurados", comentou Luciana Pegorer, diretora executiva da Associação Brasileira de Música Independente (ABMI).

Outra empresa envolvida, a Playax, disse que está contente "em ver que resultados começam a ser colhidos a partir de agora por milhares de titulares de direitos autorais".

O Content ID é responsável por 50% dos pagamentos aos compositores

De acordo com o YouTube, o pagamento é possível graças à tecnologia Content ID, que gerencia automaticamente o conteúdo ao utilizar os dados fornecidos pelos compositores. Só o Content ID, comenta a equipe da Google, é responsável por 50% dos pagamentos direcionados à indústria da música globalmente.

Se você é compositor e quer cobrar o YouTube, é necessário fazer parte de um agregador ou entidade de registro. Entre eles, estão: ABMI, eMotion, MusicPost, Nikita, ONErpm e Playax.

Para ver a declaração oficial, clique aqui.

O YouTube demorou para começar a pagar os compositores? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: