O vídeo acima parece pegadinha ou efeito especial, mas é a realidade. Membro do parlamento australiano pelo equivalente ao Partido Verde local, o político Jeremy Buckingham resolveu fazer um experimento maluco no rio Condamine, que fica a 300 km da cidade de Brisbane. Usando um acendedor simples de churrasco em seu barco, ele simplesmente fez o rio pegar fogo.

Segundo Buckingham, moradores do local avisaram que o rio estava cheio de bolhas, consequência de alta concentração de gás metano. Por isso, o político resolveu fazer o experimento e aproveitar para fazer uma crítica social. O vídeo se espalhou tão rápido no Facebook e no YouTube quanto as chamas.

De acordo como político, tudo isso é culpa da indústria de extração de gás que se instalou na região. O procedimento conhecido como fraturamento hidráulico, que é a perfuração de poços verticais para a retirada de combustíveis líquidos e gasosos do subsolo, teria contaminado toda a água próxima — sendo que ela pode ser usada para consumo, além de abrigar todo um ecossistema. O gás ainda retém calor e pode até prejudicar o ar.

O outro lado

Em defesa do procedimento, a Organização de Pesquisa da Comunidade Científica e Industrial (CSIRO, na sigla original) criticou o vídeo e alegou que o fenômeno é natural, não provocado pela ação das indústrias: fissuras em pedra são normais em alguns pontos, permitindo que o gás "escape" e chegue até a água.

Qual é a sua contribuição ou participação política na internet? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: