Contrariando a expectativa do público, a Sony optou por dar um reset na sua principal linha de smartphones. No começo de 2016, a empresa japonesa abandonou a letra Z e trouxe o X para identificar uma nova série de dispositivos.

Além do Xperia X Performance e do Xperia X, a Sony apresentou um modelo mais básico batizado de Xperia XA. Assim como seus irmãos mais velhos, esse smartphone herda algumas características de seus antecessores, mas será que vale a pena apostar nele?

O smartphone Sony Xperia XA foi gentilmente cedido por empréstimo pela Sony para a realização desta análise.

Especificações técnicas do Sony Xperia XA

Especificações técnicas

  • Sistema operacional: Android 6.0.1 (Marshmallow)
  • Tela: IPS LCD de 5 polegadas
  • Resolução de tela: 1280x720 pixels (HD)
  • Densidade de pixels: 294 ppi
  • Chipset: MediaTek MT6755 Helio P10
  • CPU: Octa-core de 2 GHz
  • GPU: Mali-T860MP2
  • Memória RAM: 2 GB
  • Armazenamento interno: 16 GB
  • Armazenamento externo: cartão micro SD de até 256 GB
  • Câmera traseira: 13 MP
  • Câmera frontal: 8 MP
  • Bateria: 2.300 mAh (não removível)
  • Conectividade: Wi-Fi 802.11 a/b/g/n, Wi-Fi Direct, DLNA, hotspot, Bluetooth 4.1, GPS (A-GPS, GLONASS), NFC e microUSB 2.0
  • Sensores: acelerômetro, proximidade e compasso
  • Altura: 143,6 mm
  • Largura: 66,8 mm
  • Espessura: 7,9 mm
  • Preço de lançamento: R$ 1799

Design

O novos aparelhos da linha X ainda contam com o design inspirado no conceito Omni-Balance. Porém, o visual do Xperia XA ficou mais simples e aposta em linhas mais sutis, mas mantendo as principais características da marca Z.

A novidade está na tampa traseira, que abandonou o vidro e trouxe um material metálico muito bonito, mas que parece um sabonete na mão de tão escorregadio. Na parte da frente, a Sony merece elogios por oferecer um aparelho praticamente sem bordas laterais. Isso causa uma bela sensação para quem o utiliza, além de ser muito bonito.

Sony Xperia XA

Todos os botões se concentram em uma das bordas do smartphone, e ainda nos sentimos incomodados com a altura dos controladores de volume. Mas a maior crítica vai para a ausência da tradicional resistência contra água e poeira. Essa era uma das principais características da linha Z que infelizmente não foi herdada pela série X.

Tela

O display do Xperia XA é um dos principais responsáveis pela belo design do smartphone. A tela praticamente se mistura com as bordas laterais, tornando a experiência de uso bem agradável.

Com relação a qualidade, também ficamos satisfeitos. O display LCD oferece cores fortes e fiéis, com pouca saturação e um bom equilíbrio entre brilho e contraste.

Sony Xperia XA

O Xperia XA oferece a opção de ajustes para modificar alguns aspectos da tela se a qualidade não estiver agradando, um diferencial e tanto para a Sony. O que incomodou um pouco foi a presença constante de digitais na tela do aparelho.

Interface

Os elogios que a Sony merece com relação ao seu display podem ser reaplicados na interface. O Xperia XA é um dos primeiros smartphones da marca a vir equipado com o Android Marshmallow, oferecendo todas as vantagens dessa versão do SO.

Isso indica que a Sony não pretende abandonar tão cedo as atualizações para o aparelho, o que garante mais vida útil a ele.

A interface é muito fluida, mas há vários aplicativos pré-instalados, o que tem potencial para incomodar uma grande parcela de consumidores.

Sony Xperia XA

Por padrão, o Xperia XA oferece a aplicação de temas com uma grande variedade de opções de personalização.

Desempenho

O hardware é um dos responsáveis pelo bom desempenho da interface. Dessa vez, a Sony resolveu apostar em um chipset da MediaTek que oferece uma boa performance para a grande maioria das atividades.

Nos games e apps, o conjunto de CPU e GPU dá conta do recado, pecando apenas em jogos muito pesados que apresentam uma leve queda na reprodução de quadros por segundo.

Os 2 GB de memória RAM do Xperia XA também ajudam a manter a interface fluida e permite a troca rápida de aplicativos, sem engasgar nas transições e animações.

Um ponto negativo é o fato de a interface ocupar quase metade dos 16 GB disponíveis, obrigando os usuários a recorrerem ao uso de cartão micro SD.

Benchmarks

3DMark

AnTuTu Benchmark

Câmera

A câmera do Xperia XA não é exatamente ruim, mas esperávamos muito mais de um aparelho da Sony com esse preço. Em comparação com concorrentes diretos, como o Moto G4 Plus e a linha Galaxy A, da Samsung, temos um resultado fraco na qualidade das imagens.

Em ambientes bem iluminados, a foto apresenta boa definição e equilibra bem as cores e balanço de branco, mas peca no pós-processamento exagerado.

Curiosamente, temos imagens noturnas que ficaram razoáveis, com um índice de ruído perceptível, mas abaixo do que esperávamos ver.

O sensor frontal, por outro lado, sofre com a captura de imagens em qualquer condição, mostrando a mão pesada da Sony no pós-processamento. O software da câmera é rápido e conta com um modo manual competente e várias opções de captura.

Sony Xperia XA

Bateria

Com a promessa de durar 2 dois dias longe das tomadas, o Xperia XA deveria vir com uma grande capacidade de bateria para aguentar tudo isso. Porém, não é o que encontramos no aparelho e constatamos em nossos testes.

Sob uso moderado, o que inclui ligações esporádicas, um pouco de jogos casuais, navegação pelo 4G e a utilização da câmera, o Xperia XA chegou ao fim do primeiro dia com 10% da carga.

Em nosso teste de estresse, o smartphone aguentou 6 horas de reprodução contínua de conteúdo por streaming, uma marca razoável.

A única vantagem é contar com modos ultraeconômicos para aqueles momentos de sufoco, o que pode salvar a vida de quem está ficando sem carga.

Áudio

O Xperia XA não oferece o mesmo sistema de áudio estéreo de seus irmãos mais velhos. O resultado disso é um som tímido, sem muita potência e que se distorce com facilidade em volumes muito altos.

Nesse ponto, podemos dizer que o Xperia XA apresenta um sistema de áudio apenas mediano. O modelo de testes que recebemos não acompanha fones de ouvido.

Sony Xperia XA

Vale a pena?

O posicionamento da Sony no mercado nacional está ficando cada vez mais complicado. Além de um histórico de aparelhos caros, a marca não está apostando em inovações e melhorias consistentes para seus smartphones.

Se você preza pelo aspecto visual e não se importa em pagar um pouco mais por um smartphone intermediário, o Xperia XA pode ser uma boa escolha

O Xperia XA é o retrato perfeito disso. Embora possua um design elogiável e tela de qualidade, ele é mais fraco que seus concorrentes diretos em vários aspectos, como câmera e desempenho, além de ser bem mais caro.

Se você preza pelo aspecto visual e não se importa em pagar um pouco mais por um smartphone intermediário, o Xperia XA pode ser uma boa escolha. Caso contrário, o melhor é procurar opções de outras marcas, que podem sair mais baratas e mais completas.

Cupons de desconto TecMundo: