Em 2014, a Samsung lançou no mercado internacional um aparelho muito interessante chamado Galaxy Note Edge. Ao contrário do modelo original, este phablet sul-coreano conta com uma tela curvilínea que também pode ser utilizada na extremidade direita do aparelho — como se fosse uma extensão para os dispositivos. E em 2015 é possível que a Xiaomi faça algo ainda mais interessante.

Fortes rumores vindos da China mostram que a fabricante deve colocar um aparelho chamado Arch no mercado no próximo ano. E como você pode ver na imagem que está logo abaixo deste parágrafo — conseguida pelo site GizmoChina —, ele terá uma tela curva e que também pode ser utiliza na lateral do dispositivo. Mas ao contrário do que apresenta o Note Edge, este Xiaomi Arch deve contar com o recurso nas duas laterais do aparelho.

Isso significa que os consumidores poderão utilizar o aparelho não apenas com a tela principal, mas também levando informações para as extremidades curvilíneas, de acordo com as necessidades de cada momento. Mas é importante dizer que ainda não há confirmação por parte da fabricante, por isso ainda há chances de que o Arch seja apenas um conceito produzido.

Vale lembrar que a Xiaomi é conhecida por produzir equipamentos de médio e alto desempenho para o mercado chinês, que exige preços mais baixos em relação aos dispositivos que são fabricados por empresas de outros países — como Samsung e até mesmo Apple. Será que a Xiaomi vai conseguir reduzir custos na produção de telas curvas para que o Arch seja um aparelho viável?

Cupons de desconto TecMundo: