(Fonte da imagem: Reprodução/Xbox)

A Microsoft anunciou nesta segunda-feira (28) o Xbox Originals, programa que deverá levar a pelo menos 48 milhões de assinantes a nova e ousada proposta da companhia: através da Xbox LIVE, será transmitido conteúdo de entretenimento produzido pelo Xbox Entertainment Studios, consolidando o que a empresa pensa sobre "como um serviço de televisão para gamers deve ser".

“A Microsoft tem um longo e rico legado de produção de conteúdo. Jogos têm sido parte de nosso DNA há pelo menos 15 anos, e criar um conteúdo original para TV é nosso próximo passo rumo à evolução”, disse Jordan Levin, vice-presidente do Xbox Entertainment Studios. Grosso modo, a empresa pretende oferecer a seus espectadores “dramas, comédias, documentários, animações, shows de improviso e transmissão de eventos ao vivo”. A empreitada deverá estar disponível a partir de junho para os consoles Xbox 360, Xbox One e também a demais dispositivos da Microsoft.

Produção de jogos não será afetada

Naturalmente, algumas das propriedades intelectuais da Microsoft serão capitalizadas “aos moldes de programas para TV”. Isso não significa, contudo, que versões de filmes baseadas em absolutamente todos os títulos AAA lançados para os video games serão criadas. Acontece que o hardware do Xbox é a aposta da empresa em um conceito sólido: os consoles são uma central de entretenimento – e não somente jogos serão rodados pelos dispositivos.

(Fonte da imagem: Reprodução/BJ)

“Recursos dedicados a jogos não estão sendo aplicados [ao Xbox Originals]. Estamos apenas investindo em um novo serviço que deverá aumentar o valor [dos produtos Xbox] para os consumidores”, esclarece Levin. “Alguns dos serviços vão funcionar muito bem nos consoles, mas você poderá querer apreciá-lo em outra plataforma (...). O importante é estar em todas as plataformas”, disse Nancy Tellem, presidente do setor de mídias digitais da Microsoft.

Levin, em cuidadoso comentário, observou que a adaptação de jogos sob os moldes do cinema pode de fato não agradar a comunidade de jogadores. “A pior coisa do mundo seria desapontar nossos fãs a partir do lançamento de um produto que não conseguisse abarcar ‘a essência de uma marca’”, admitiu o executivo do Xbox Entertainment Studios.

Programas oferecidos

Vários programas deverão ser oferecidos aos membros da Xbox LIVE já a partir de junho. Confira, abaixo, todos os projetos que farão parte do Xbox Originals. Algumas das empreitadas já possuem datas certas de lançamento; parte do conteúdo está sendo ainda desenvolvido pelo Xbox Entertainment Studios.

Série Halo

Baseada em uma das franquias de maior sucesso da Microsoft, a série inspirada em Halo conta com a produção de Steven Spielberg. Este é o resultado de uma parceria entre a Microsoft, 343 Industries e Amblin Television – não há data exata de lançamento da série.

(Fonte da imagem: Reprodução/BJ)

“Every Street United”

“Every Street United” é uma série ainda não escrita que deverá contar com oito episódios apresentados pelos lendários jogadores Thierry Henry e Edgar Davids. O objetivo do programa é empreender uma busca por “esportistas desconhecidos de rua” por oitos países (EUA, Inglaterra, Brasil, Argentina, Espanha, Holanda, Gana e Coreia do Sul). “Every Street United” será encerrado por uma partida entre dois times, cada um composto por 4 jogadores, no Rio de Janeiro em julho “sob a sombra da Copa do Mundo”.

Bonnaroo

Donos dos consoles da Microsoft poderão aproveitar os quatro dias de show do sempre agitado festival musical de Bonnaroo – shows dedicados aos espectadores da LIVE serão feitos por meio de Xbox LIVE Friday durante os dias 13 e 15 de junho. Um aplicativo deverá ser disponibilizado aos donos do Xbox que desejarem “aproveitar a música ao vivo de um jeito nunca visto antes”, conforme descreve a própria Microsoft. Além disso, os espectadores poderão participar de chats com outros clientes participantes da LIVE especial.

(Fonte da imagem: Reprodução/Edmassassin)

“Signal to Noise” / “Atari: Game Over”

Uma série de documentários composta por seis filmes está sendo produzida pela Xbox Entertainment Studios. Sob a produção de Simon Chinn e Jonathan Chinn, ambos renomados cineastas, a sequência filmográfica “Signal to Noise” pretende explorar pequenas histórias sobre como a tecnologia moderna alterou nossa forma de interagir com o mundo. Com “Atari: Game Over”, todo o mito por trás de um dos video games mais queridos da história será desvelado: da ascensão à cova com o lançamento de E.T.

“Humans”

“Humans” é um ousado drama produzido a partir de uma parceria entre Channel 4 (Reino Unido), a produtora também inglesa Kudos e Xbox. Composta por oito episódios, “Humans” se passa em presente paralelo em que o gadget essencial a qualquer família de negócios é um aparelho chamado “Synth” – um servo robô assustadoramente semelhante ao seu dono humano. Mas como a interação entre humanos e máquina poderá se dar? Este é o fio condutor desta instigante história baseada na série “Real Humans”. A produção de “Humans” deverá ser feita durante o quarto trimestre deste ano.

(Fonte da imagem: Reprodução/BJ)

“Halo digital feature”

Uma parceria entre a Scott Free Productions e a 343 Industries vai levar a série Halo também a uma dimensão ainda não explorada pelos consoles. Não se sabe exatamente do que esta versão de Halo se trata, mas é certo que a obra vai ficar sob a produção de Ridley Scott e David Zucker. “Halo digital feature” deverá ser lançado ainda neste ano – o responsável por dirigir o filme é Sergio Mimica-Gezzan (Heroes).

(Fonte da imagem: Reprodução/BJ)

Projetos em desenvolvimento

“Deadlands”

Um roteiro baseado no game “pen-and-paper role” será escrito pelo Xbox Entertainment Studios. O gênero mescla um “estranho western” ao horror, com elementos de steampunk marcando presença durante toda a trama. Cientistas loucos, magia, pistoleiros e sociedades secretas serão algumas das dimensões exploradas pelo projeto.

“Extraordinary Believers”

Em parceria com a Stoopid Buddy Stoodios (Robot Chicken), os estúdios do Xbox trabalham em um filme híbrido de stop-motion. A produção executiva fica sob responsabilidade de Seth Green e Matt Senreich. Eric Towner e John Harvatine IV são os idealizadores do show.

(Fonte da imagem: Reprodução/HeavenMedia)

“Fearless”

“Fearless” (título provisório) é uma série estrelada por Paul de Gelder, um mergulhador da marinha australiana que dedica sua vida a auxiliar pessoas “que tentam fazer do mundo um lugar melhor para se viver”.

“Gun Machine”

Depois de adquirir os direitos de “Gun Machine”, o Xbox Entertainment Studios pretende produzir um programa baseado no thriller policial baseado no romance homônimo escrito por Wareen Ellis. A trama gira em torno de um detetive que investiga um conjunto de armas misteriosas usadas por um assassino. O piloto do programa está para ser gravado.

 “United JASH Comedy / Variety Half Hour”

O coletivo de comédia fundado por Sarah Silverman, Michael Cera, Tim, Eric e Reggie Watts (JASH) é parte agora de um programa de comédia cujo formado de humor é “algo único desenvolvido pelo Xbox Entertainment Studios”. A cada semana, um comediante diferente vai conduzir um show de talentos “em vários formatos de vídeo”.  O piloto deverá ser gravado em junho; Sarah Silverman deverá estrelar o primeiro e experimental episódio do programa.

“Winterworld”

Baseada na novela gráfica “Winterworld” criada por Jorge Zaffino e Chuck Dixon, a produção é uma parceria entre Xbox e IDW Entertainment. No mundo retratado por esta ficção, toda a Terra foi coberta por gelo. Em uma luta incansável por sobrevivência, grupos de humanos travam guerras entre si. Entre os nomes que compõem o grupo de produtores-executivos, destacam-se Rick Jacobs e Dave Alpert, executivos da Cicle of Confusion (“The Walkin Dead”).

(Fonte da imagem: Reprodução/RMG)

De acordo com postagem feita pelo site Polygon, Nancy Tellem, presidente do setor de mídias digitais da Microsoft, admitiu que o público-alvo do Xbox Originals é bastante específico. “Sim, há claramente uma audiência em especial aqui: homens jovens. Será interessante notar como este público deverá ser alterado – se for alterado – durante os próximos anos em relação ao crescimento do conteúdo oferecido pelo Xbox Entertainment Studios junto a seus 48 milhões de assinantes”, disse a executiva.

Programas que mesclam os formatos seriados para web, shows de humor e cobertura de eventos online às possibilidades de interação multimídia oferecidas pelos consoles Xbox 360 e Xbox One são a aposta da Microsoft na consolidação de sua proposta: concentrar diversas opções de entretenimento em uma única plataforma. Mais detalhes quanto ao Xbox Originals certamente serão divulgados pelos próximos dias. Fique ligado. 

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: