(Fonte da imagem: Reprodução/PlanetaXbox)

Parece que a Microsoft tem planos no longo prazo para o Brasil – e quer dar uma resposta ao valor astronômico do PS4 à altura. Isso porque, de acordo com a Anatel, o Xbox One será fabricado em solo brasileiro, assim como já ocorre com o Xbox 360. A informação foi apontada no site oficial do órgão, que disponibiliza publicamente os dados de homologação do aparelho, procedimento que costumeiramente é adotado pela Anatel.

Observando o selo da carcaça do console da Microsoft, é possível constatar a informação “Produzido no pólo industrial de Manaus”. Se você deseja conferir por conta própria, basta acessar o site oficial da Anatel clicando aqui e inserir o número 3090131569 no campo “Nº Homologação”, o terceiro de cima para baixo. Após a inserção, clique em “Confirmar” no final da página para checar a empresa “Microsoft” como fabricante e outros detalhes.

Talvez isso explique um pouco a disparidade existente entre o valor do Xbox One (R$ 2,199) e o preço do PS4, que será comercializado, neste primeiro momento, a astronômicos R$ 3,999, ainda que a Sony tenha prometido planos para o longo prazo no Brasil e fabricação do console em território tupiniquim. Essa ação, segundo a companhia, baratearia cerca de 50% do valor total. Mais detalhes devem ser divulgados na aguardada coletiva desta quinta-feira ao qual o BJ irá.

(Fonte da imagem: Reprodução/Anatel)

Planos da Microsoft para o Brasil

Em contrapartida, a Microsoft, “silenciosa” acerca disso tudo até o momento, deve se pronunciar oficialmente sobre seus planos para o Brasil na sexta-feira, 25, primeiro dia da BGS. A companhia fará uma coletiva às 11h. Nela, espera-se que sejam delineados e divulgados os planos do Xbox One para o Brasil – faltam informações como quais jogos vão chegar no pelotão inicial por aqui, preços de acessórios, dos jogos, datas e outros detalhes. O BJ estará presente e trará todas as informações.

Convém lembrar que o histórico recente da Microsoft no Brasil é favorável: o Xbox 360 é fabricado no país desde o final de 2011, processo que resultou numa redução de 40% no valor do video game, hoje comercializado por R$ 699. Isso permitiu que a Microsoft abocanhasse uma fatia de 65% do mercado brasileiro. Há planos para fabricar e lançar o modelo Super Slim por aqui também. O panorama da situação só mudou de figura no meio deste ano, após a iniciativa da Sony de também fabricar o PS3 nacionalmente.

Portanto, aguardemos detalhes das duas coletivas. Anote aí: a Sony se pronunciará nesta quinta-feira, 24, às 19h00, enquanto a Microsoft anunciará seus planos na sexta-feira, 25, às 11h00 na BGS.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: