Os protestos da população podem ter resultados mais radicais e imediatos do que você esperava – e não estamos falando das manifestações que ocorrem por todo o Brasil atualmente, mas das reclamações do público após o anúncio do Xbox One.

A Microsoft acaba de publicar um post em que atualiza as suas políticas, mostrando que está pronta para voltar atrás e retirar algumas das travas do console, além de acabar com a necessidade de manter o console ligado à internet para determinadas funções.

Abaixo, confira a lista das mudanças:

  • Não será necessário ficar sempre online;
  • O console não precisa ser ligado à internet a cada 24 horas;
  • Conexão é obrigatória só na configuração inicial do aparelho;
  • Todos os jogos baixados funcionarão online e offline;
  • Não há restrições adicionais para jogos usados ou discos emprestados;
  • Não há mais travas regionais.

Pedido de desculpas

Em uma postagem realizada logo em seguida ao anúncio oficial, o presidente da área de entretenimento da Microsoft, Don Mattrick, afirma que as mudanças vieram após "o apelo da comunidade Xbox" – mas as provocações da Sony durante a E3 2013 também devem ter surtido algum efeito.

"Desde a revelação dos planos para o Xbox One, minha equipe e eu ouvimos diretamente de muitos de vocês, fizemos a leitura de comentários e acompanhamos o feedback. Eu queria aproveitar a oportunidade para agradecer a você por nos ajudar a remodelar o futuro do Xbox One. Você nos disse o quanto você amava a flexibilidade existente com games entregues em disco", comentou Mattrick.

O discurso foi direcionado especialmente ao fim da proibição a jogos usados e à conexão constante com a internet, mudanças mais comemoradas pelos jogadores. "A habilidade de emprestar, compartilhar e revender esses jogos é de incrível importância para você. Importante também é a liberdade para jogar offline, por qualquer quantidade de tempo e de todos os lugares do mundo", concluiu o executivo.

Via Baixaki Jogos

Cupons de desconto TecMundo: