Todos sabemos a importância de mantermos a nossa máquina segura. Afinal, nossa vida é salva em arquivos, e um malware pode danificar boa parte dela. Vide o caso “WanaCry” recente.

Quando uma versão do Windows é lançada, a Microsoft oferece o suporte mainstream por 5 anos, que dá direito às atualizações de segurança e ao suporte gratuito da equipe; e depois a opção estendida, que também dura 5 anos e só libera as atualizações, pois o suporte é pago.

Após esse período de 10 anos, a versão do Windows para de receber os patches de segurança. Para algumas empresas, a Microsoft até abre exceções; porém, para o público geral, as atualizações de segurança expiram no prazo.

No caso WanaCry, a Microsoft disponibilizou uma atualização geral para Windows XP, Windows 8 e Windows 2003, que, por uma brecha de segurança grave, já não são suportados oficialmente.

Talvez você ainda não saiba, mas a companhia define datas exatas para deixar de oferecer suporte a uma versão do Windows, e você pode conferir tudo no site da empresa.

O Windows 7, por exemplo, é compatível com atualizações de segurança até o dia 14 de janeiro de 2020. Contudo, o usuário precisa ter o Service Pack1 instalado na máquina para poder obter as demais atualizações. Já o Windows 8.1 receberá atualizações de segurança até o dia 10 de janeiro de 2023.

O Windows 10 é suportado até o dia 14 de outubro de 2025, mas é preciso ter a versão mais recente instalada para continuar recebendo as atualizações.

***

Essa informação foi útil?  Você ainda usa uma versão antiga do Windows? Deixe um comentário!

Cupons de desconto TecMundo: