Quem utiliza o computador com freqüência está sempre à procura de dicas e informações para tornar as máquinas mais rápidas, melhorando ao máximo o desempenho dessas. Como vivemos na era da tecnologia, nada mais justo que buscar tais dicas na Internet.

No entanto, nem sempre as informações encontradas são legítimas e muitos usuários acabam sendo prejudicados. Para identificar se um dado é válido ou não é preciso ter conhecimento sobre o assunto pesquisado, o que muitas vezes não acontece.

Neste artigo você encontrará algumas dicas que circulam pela Internet e alguns esclarecimentos que justificam o uso, ou não, dos recursos por elas oferecidos.

 

Mas primeiro...

Durante a leitura do artigo você encontrará o termo alguns termos mais que talvez sejam desconhecidos, por isso é necessário uma breve explicação sobre eles.

Atenção aos termos.

“Prefetch”

É um espaço em memória no qual ficam armazenados os arquivos dos programas mais utilizados pelo usuário. Assim, toda vez que tais aplicativos forem abertos, serão executados mais rapidamente, pois a maior parte dos arquivos utilizados já está presente na memória.

Pense em um programa muito utilizado pela maioria dos usuários, o MSN por exemplo. Se você abre o MSN com bastante freqüência em seu computador, os arquivos principais desse já estão armazenados na memória (no espaço chamado prefetch) e, por isso, ele é executado mais rapidamente.

HungAppTimeOut e WaittokillAppTimeOut

HungAppTimeOut é o tempo que o Windows espera, depois que você tentou fechar um programa que não está respondendo, para mostrar a caixa de diálogo com as opções: Aguardar, Finalizar Tarefa e Encerrar.

WaittokillAppTimeOut, por sua vez, é o tempo (em milisegundos) que o Windows espera para que um programa que está em execução seja encerrado antes que o sistema desligue.

As dicas e suas explicações

Deletar os arquivos do prefetch agiliza a inicialização do computador

De fato, como mostrado acima, o prefetch ocupa espaço em memória. Dessa forma, ao deletar os arquivos ali presentes você está liberando memória. Porém, os aplicativos passarão a demorar mais para abrir, então não é muito recomendável seguir esta dica.

Retirar programas da inicialização aumenta o desempenho

Cuidado ao desabilitar alguns programas.

Quanto menos programas abrirem ao mesmo tempo, mais rápido o computador inicializa. Todavia é preciso ter muito cuidado com os programas retirados, senão ocorrerá o efeito inverso, fazendo com que o desempenho de alguns programas caia significantemente.

Um erro muito comum é de usuários que desabilitam utilitários de drivers de placas de vídeo e som, mas depois têm a experiência de um mau desempenho em jogos e programas mais pesados.

Desativar a restauração de sistema melhora no desempenho da máquina

A restauração do sistema cria backups quando o computador está inativo, e também é muito importante para os casos em que algum arquivo do sistema é corrompido, causando erros na inicialização da máquina.

O único ganho de desempenho notado, nesse caso, seria no uso de programas que acessam a restauração por algum motivo, ou em casos em que o HD utilizado do PC possui pouquíssimo espaço. Mas o ganho não vale o risco.

Sem o log de eventos o computador trabalha mais rápido

Na realidade desabilitar o log de eventos não traz nenhuma melhora significativa no que diz respeito à performance do PC, e pode ser considerado uma falha de segurança. Além disso, se o sistema tiver algum erro e encerrar sem explicações (o que não é raro) não há como você saber o que aconteceu, pois todas as explicações e causas do erro estariam no log de eventos do sistema.

Agendador de tarefas tem lá sua utilidade.O agendador de tarefas é inútil e só “consome” memória

Se você desabilitar este recurso do Windows irá, com certeza, melhorar o tempo de inicialização do computador (o boot). Mas o que poucos sabem é que quando você desativa o agendador de tarefas, o prefetch pára de funcionar, tornando o carregamento dos programas muito mais lento.

O sistema de arquivos NTFS é mais lento do que o FAT32

Depende da utilidade principal que o computador terá. Caso o PC seja para uso doméstico ou mesmo estações de trabalho, o NTFS é muito mais rápido, trabalha com grande quantidade de dados e é mais veloz no acesso às pastas lotadas. Além disso, é muito mais difícil acontecer o corrompimento de arquivos no sistema NTFS.

Por outro lado, o sistema FAT32 é mais rápido em leitura bruta, no caso de jogos por exemplo, na qual os arquivos são colocados em seqüência na memória.

Alterar os valores de HungAppTimeOut e WaittokillAppTimeOut fazem o computador desligar mais rápido

Cuidado ao alterar arquivos de registro.Obviamente, se você diminuir os valores mostrados nestes campos do registro, seu computador responderá mais rápido quando um programa travar ou quando o Windows for encerrado.

Mas, nem tudo são flores. Alguns aplicativo, como o Word e o Windows Live Messenger, precisam salvar algumas informações antes de serem encerrados, e isso leva um tempo determinado.

A partir do momento que os aplicativos são encerrados de forma “forçada”, eles deixam de salvar informações que podem ser muito importantes mais futuramente. No caso do Word, a recuperação automática pode não acontecer e você pode perder tudo o que não havia sido salvo.

Serviços de rede que não estão sendo utilizados podem ser desabilitados para melhorar a performance do sistema

Sim, desde que corretamente. Caso contrário você terá problemas com toda a rede e pode ter alguns processos, como o svchost, consumindo muito mais memória do que realmente necessita, e vai acabar pensando que é um vírus, quando na verdade não passa de um serviço desabilitado de maneira errada.

Alterar configurações da rede pode não ser uma boa idéia.

Cupons de desconto TecMundo: