Nos últimos 30 anos, uma tendência comum na evolução dos monitores foi o aumento da resolução. Os míseros 320x240 pixels presentes em configurações monocromáticas de telas de antigamente hoje já são pouco até para displays de celulares com menos de quatro polegadas.

Porém, mesmo com todo esse desenvolvimento, a tecnologia parece ter atingido um teto “confortável” — tanto que a maioria dos monitores, mesmo sendo widescreen e contando com um número considerável de polegadas, não suporta resoluções maiores do que 2 mil pixels.

Mas o limite nunca é o bastante para os curiosos. O usuário responsável pelo vídeo acima conseguiu rodar o Windows XP em uma gigantesca resolução de 4096x3072 pixels. Repare no tamanho das pastas e nas letras se embaralhando nas listas de arquivos: é de dar um nó nos olhos.