Diante da grande ameaça representada pelo malware WannaCry, a Microsoft tomou uma atitude inusitada no último sábado (13). Ciente de que a ameaça se espalha através de versões antigas do Windows, a empresa lançou uma atualização de segurança para o Windows XP, sistema que não possui mais nenhuma espécie de suporte oficial.

A companhia também lançou soluções de segurança para o Windows 8 e para o Windows Server 2003, que passam pela mesma situação de ter seu suporte oficial já encerrado. Segundo a organização explicou em seu blog de segurança, a decisão foi tomada devido ao fato de a ameaça atuar de forma pouco convencional.

Caso você ainda use alguma dessas versões do Windows, a recomendação é acionar o Windows Update e instalar o quanto antes o patch de segurança. Da mesma forma, aqueles que usam o Windows 7 ou o Windows 8.1 devem se certificar de possuir as atualizações mais recentes oferecidas pela empresa — o Windows 10 não é suscetível ao ataque.

A decisão da empresa tem como principal objetivo proteger a reputação da marca Windows

A decisão da empresa tem como principal objetivo proteger a reputação da marca Windows como um todo, mesmo que sua versão mais recente não seja afetada pelo malware. Em contrapartida, a decisão pode servir como estímulo para que alguns usuários continuem usando versões antigas do sistema mesmo levando em consideração o fato de que elas são pouco protegidas contra ameaças recentes.

Cupons de desconto TecMundo: