A resposta rápida à pergunta acima é: claro! Em se tratando de software, sempre há o que melhorar. Porém, nem sempre é viável ou possível incorporar certos recursos aos programas e, principalmente, ao Windows. Qualquer alteração no sistema pode deixá-lo mais pesado, causar instabilidade ou uma infinidade de problemas diferentes. Contudo, como nós usuários não sabemos qual “mágica” acontece para que o sistema funcione, vamos só apontar algumas coisas que seriam muito interessantes se estivessem presentes no Windows, independente de viabilidade técnica.

Geralmente, quando se fala em melhorar o Windows, aparecem vários fãs de Linux e Mac OS, com milhares de sugestões de recursos presentes nestes sistemas operacionais, mas que não fazem parte do SO da Microsoft. Realmente, existem várias ferramentas muito interessantes em outros sistemas operacionais, mas o Windows é programado de uma forma totalmente diferente, o que o limita em alguns aspectos. Também, para usuários sem conhecimento técnico, muitos dos recursos de outros sistemas simplesmente seriam inúteis.

Logo do Windows Vista.Deixando a polêmica de lado, já que o assunto aqui é outro, abordemos aquilo que o usuário de Windows gostaria que tivesse no sistema, mas precisa instalar programas adicionais para poder usar, ou já está no sistema, mas ainda é precário, ou mesmo o que simplesmente não existe no SO.

Personalização ao máximo (ou nem tanto)

O Windows Vista mostrou que o rumo da Microsoft está certo no quesito personalização, mas que ainda há um longo caminho pela frente. O sistema está longe de ser totalmente personalizável, mas já tem grandes melhoramentos visuais em relação ao XP, assim como o XP é muito mais atrativo visualmente em relação aos seus ancestrais. Porém, ainda há muito que fazer, pois existem milhares de usuários que gostam de dar uma aparência mais particular — ou mesmo peculiar — ao sistema.

Windows Vista com o Aero habilitado.

Que tal mudar o formato e as cores do botão iniciar, usar uma imagem de fundo na barra de tarefas, ou mesmo fazer recortes nela? Uma sugestão para aumentar ainda mais a possibilidade de mudança visual do Windows (além de mudar a cor das janelas e deixá-las transparentes) é incorporar um programa que permita a alteração de todos os elementos. O nome até poderia ser Windows Theme Maker! O programa poderia ainda centralizar tudo o que é relacionado à mudança de temas. Sons, papéis de parede, proteções de tela, cores de janelas e botões, tudo poderia estar concentrado em um só lugar.

É claro que existem programas como o WindowBlinds e DesktopX, que mudam drasticamente a aparência e inserem novos recursos ao sistema. Porém, eles são extremamente pesados e podem causar problemas, caso o usuário utilize skins e recursos mal construídos. É extremamente irritante ter que esperar vários minutos para que o PC carregue programas simples porque está com todo o desempenho comprometido para manter o tema funcionando.

WindowBlinds em ação.

Você já ouviu falar de algum tema adicional para o Windows, lançado oficialmente pela Microsoft? Raramente a empresa faz temas oficiais e, quando faz, não divulga em larga escala o seu lançamento. Algo que poderia existir na Microsoft e em seus sites é um serviço de download específico para personalização do sistema. É preciso que os sites de download da empresa sejam garimpados para encontrar novos temas “escondidos”. Um exemplo é o tema de Natal que está disponível no Baixaki, o Nunavut, que apesar de ter um nome estranhíssimo, até que é bonitão, e o Ontario, que tem ícones e papéis de parede da cidade Canadense com esse nome.

O problema é que, baixando qualquer um desses temas, alguns usuários podem ficar decepcionados, já que eles alteram uma quantidade muito pequena de itens do Windows. Faltam temas que façam o que os programas citados anteriormente fazem, que é mudar de forma extrema o visual.

Melhor acessibilidade

Pode-se dizer sem risco de errar que o Windows é o sistema operacional de mais fácil utilização já criado. No Vista, foi incorporado o sistema de reconhecimento de voz, que visa a facilitar mais ainda a operação do computador, mas não é bem isso que acontece. Em primeiro lugar, nós brasileiros fomos deixados de lado, como várias vezes acontece, não só com produtos Microsoft. Simplesmente não há como ditar palavras em português para comandar seu computador ou escrever no Word. Caso você fale inglês, poderá ativar a ferramenta.

Sistema de reconhecimento de voz.

Sistemas de reconhecimento de voz existem há muitos anos, mas até hoje nenhum deles foi adaptado e aperfeiçoado para uso doméstico. O sistema presente no Windows Vista ainda é extremamente cru, pois necessita de muitas horas de “treinamento” para começar a funcionar de maneira aceitável. Para que ele possa ser usado por todo tipo de usuário, é necessário que a tecnologia evolua para o patamar do “plug and play” – ou “ligue e use” – coisa que ainda está longe de acontecer, mas que seria um avanço muito querido por quem gosta de usar o Windows.

Segurança e problemas

Logo do Windows Defender.Antivírus são programas extremamente misteriosos para usuários menos experientes, que precisam de ferramentas do tipo “instale e esqueça”. Ter que dar instruções ao antivírus sobre o que fazer com a “ameaça encontrada: Trojan W32.XYZ_Virus-estranho.VBX” é algo extremamente penoso para quem gosta de navegar na internet, ler e-mails e jogar no PC. A solução seria embutir um sistema antivírus que satisfizesse os usuários menos técnicos e os protegesse automaticamente. O Windows Defender foi incorporado ao Windows Vista, mas está longe de solucionar realmente o problema.

A assistência remota é uma idéia muito boa, mas que parece não ter sido aplicada satisfatoriamente, assim como o Windows Defender. Ao invés de ligar para o seu amigo sabichão, você poderia permitir que ele se conectasse ao seu PC, para ver o que está acontecendo e, se possível, já resolver o problema. Porém, um usuário iniciante tem extrema dificuldade em usar a ferramenta, o que a torna simplesmente inútil para a grande maioria, pois quem sabe usar, não precisa.

Gravação de CD no Windows Explorer?Você já perdeu algum CD ou DVD porque tentou gravar dados nele usando o Windows Explorer? Fique tranqüilo, pois você não é o único. O recurso de gravação de discos do Windows nunca foi lá muito satisfatório. O ideal seria que houvesse um programa à parte ou um assistente melhor. Gravar imagens ISO também seria uma ótima opção para aqueles que baixam discos inteiros da internet. Isso eliminaria a necessidade de comprar um programa gravador e acabaria com a dúvida na hora de baixar programas gratuitos sem saber se vão cumprir as expectativas.

O que o Windows NÃO deveria ter

Essa pergunta a concorrência adora responder, mas em termos práticos, assim como existem ferramentas interessantes que o Windows não tem, há problemas que ele tem, que podem ser solucionados ou não em atualizações. Uma situação que talvez poucos percebam é que só no Windows os programas brigam pela atenção do usuário. Não entendeu?

Guerra de ALT-TABDigamos que você está trabalhando tranqüilamente, digitando um artigo no Word para ser publicado no Baixaki e, enquanto isso, deixa instalando um programa a ser testado. Quando a instalação termina, a dita cuja dá um ALT + TAB sem a sua permissão, “roubando” o foco e fazendo você praguejar, pois não percebeu a tempo de parar de digitar. Como a barra de espaço também serve como um clique do mouse em certas telas, você poderá fechar sem querer o instalador com a opção “reiniciar agora” marcada. Se você não tiver salvado seu trabalho, bem, esperamos que você tenha boa memória.

Agora é a sua vez

Cada usuário sente uma necessidade diferente. Se você não viu a sua nesse artigo, algum recurso que não está presente, mas seria bom que estivesse ou algo que não gosta e queria que fosse retirado, utilize os comentários para expressar suas idéias. O Windows também poderia fazer cafezinho e levar o cachorro para passear. Quem sabe em uma versão futura, não é?

Cupons de desconto TecMundo: