Podemos dizer com razoável segurança que o brasil é um dos maiores mercados para o sistema operacional móvel da Microsoft, o Windows Phone – pelo menos enquanto o Windows 10 Mobile não chegou oficialmente. A empresa de Bill Gates soube entrar com força no segmento dos dispositivos de baixo custo, instalando fábricas no solo tupiniquim e, dessa forma, diminuindo o impacto dos impostos sobre os seus aparelhos.

Ainda assim, isso não impedia a Microsoft de não permitir que os aplicativos para o SO fossem vendidos diretamente em dólares mesmo na versão brasileira da Windows Store, aparecendo em reais apenas graças a uma conversão simples de valores. Isso acabava levando a uma variação constante dos preços dos apps em função da cotação da moeda, o que incomoda particularmente durante períodos de alta – como este em que estamos.

Agora, no entanto, a Microsoft parece ter adotado o real como a verdadeira moeda da versão nacional da Windows Store, o que significa que agora os apps receberão menos taxas e não terão mais grandes flutuações em seus preços. 

Feliz com o abandono da conversão do dólar e adoção do real como moeda oficial na Windows Store brasileira? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: