A Microsoft tem se esforçado bastante para fazer com que sua loja de apps para o Windows 8 prospere e tenha uma boa quantidade de opções de qualidade. Contudo, esse esforço pode ter diminuído a vigilância da empresa, o que resultou em uma grande quantidade de aplicações falsas e que ainda cobravam por serviços que nem mesmo existiam na Windows Store. Hoje, entretanto, a empresa anunciou que fez uma verdadeira faxina na loja, eliminando 1,5 mil aplicações desse tipo.

A quantidade de apps falsos removida é bem expressiva, principalmente para uma loja que ainda não está tão vasta quanto a Microsoft esperava. Em uma busca rápida, segundo o How-To Geek, era possível encontrar dezenas de “versões” pagas de ferramentas como o Adobe Flash Player, Firefox, Candy Crush Saga, WatsApp e vários outros.

Loja da Microsoft estava povoada de apps falsos

Se um usuário desavisado estivesse procurando por essas ferramentas que não possuem versões originais na loja, era bem perigoso cair em um golpe. Agora, quem chegou a ser lesado por essas práticas na loja do Windows pode pedir reembolso.

Fora essa limpeza, a Microsoft ainda mudou algumas regras para a publicação de apps. Os nomes agora precisam refletir de alguma forma a função da aplicação, os ícones devem tentar se diferenciar dos de outros apps e as categorias precisam sempre ser obedecidas.

Cupons de desconto TecMundo: