(Fonte da imagem: Reprodução/ZDNet)

Assim que o Windows 8 foi anunciado, a Microsoft afirmou que sua interface e aplicativos pertenceriam ao chamado “estilo Metro”. Porém, devido a disputas judiciais, a empresa foi forçada a abandonar a nomenclatura, sem definir um substituto para ela — a única recomendação dada pela empresa era que, ao se referir ao novo estilo visual, os meios de comunicação afirmassem que ele se tratava do “estilo Windows 8”.

Como o mesmo visual era adotado pelo Windows RT, Xbox, Windows Phone e outros aparelhos da companhia, a decisão acabou provocando bastante confusão entre os consumidores. Ciente disso, a companhia veio a público na última terça-feira (30) para divulgar que todos os aplicativos disponíveis em suas lojas virtuais deverão ser chamados pelo nome “aplicativos Windows Store”.

A decisão faz parte da iniciativa da companhia de eliminar totalmente qualquer espécie de referência ao nome Metro em seus produtos e sites oficiais — processo que pode demorar muito tempo para ser finalizado. Porém, isso não necessariamente vai acabar com a confusão, já que a nova nomenclatura se aplica somente aos softwares baixados através da loja oficial da empresa, sem se relacionar diretamente com a interface de seu novo sistema operacional.

Cupons de desconto TecMundo: