(Fonte da imagem: Reprodução/WMPowerUser)

Com a aproximação do Mobile World Congress 2014 (MWC), fica cada vez mais claro que o evento não deve ser o palco de muitas revelações relacionadas ao universo do sistema operacional Windows Phone. A Nokia, por exemplo, deve focar esforços na apresentação do Nokia X (baseado no Android), enquanto o Samsung “Huron” será um aparelho exclusivo da operadora norte-americana Verizon, o que diminui as chances de ele estar presente em Barcelona.

Isso não quer dizer que a plataforma não vá estar presente no evento, só indica que são grandes as probabilidades de que novidades substanciais relacionadas ao sistema tenham sido reservadas para um momento posterior. O esperado lançamento do Windows Phone 8.1 é uma boa justificativa para a Microsoft estar se contendo no momento, o que dá a chance de ela ganhar um maior destaque em um futuro próximo — sem a “poluição” causada pelas revelações de outras fabricantes, a empresa terá a chance de chamar sozinha a atenção do público e dos meios especializados.

Assim, a ausência de novidades do mundo Windows Phone não deve ser um desastre para a empresa — como sua não participação da CES 2014 não foi—, embora ela tenha muito a fazer para aumentar sua participação de mercado. Com isso em mente, fica a expectativa para que a Microsoft apresente ao menos alguma novidade mais superficial ao evento ou ao menos monte um espaço capaz de desviar um pouco a atenção da enxurrada de aparelhos Android que vão estar presentes na conferência.

Cupons de desconto TecMundo: