Belfiore quer um Windows Phone 8 perfeito (Fonte da imagem: Reprodução/The Verge)

A Microsoft fez muito barulho na semana passada ao finalmente lançar o seu novo sistema operacional. Além disso, a companhia também bancou um evento exclusivo falando somente de seu outro produto, o sistema móvel Windows Phone 8.

Aproveitando todo esse barulho em volta dos lançamentos, o site The Verge conversou com o principal elemento por trás da criação do Windows Phone 8, o gerente de desenvolvimento da plataforma, Joe Belfiore – que fez algumas revelações muito interessantes.

Segundo a matéria, a ideia da Microsoft é começar praticamente do zero, ignorando as tentativas anteriores de entrar no mercado móvel (como o criticado Windows Phone 7, por exemplo). De acordo com Belfiore, hoje a situação é totalmente diferente, pois agora a companhia pode contar com a evolução do hardware e dos aplicativos criados para os aparelhos portáteis.

Além disso, o gerente também destacou que a companhia já garantiu a presença de 46 dos 50 principais programas disponíveis nas outras plataformas, iOS e Android. De acordo com ele, só falta a chegada dos aplicativos Instagram, Viber, Pinterest e Wells Fargo – e a empresa não vai descansar enquanto não garantir que todos tragam versões também para o Windows Phone 8.

Você pode até não concordar com a lista elaborada pela companhia – como o próprio repórter do The Verge citou –, mas isso não tira a confiança de Joe Belfiore. Ele disse que a empresa vai fazer de tudo para que todos os programas considerados úteis pelo mercado marquem presença no sistema.

O gerente da Microsoft também falou sobre a reclamação de alguns desenvolvedores a respeito do kit de desenvolvimento de programas para o Windows Phone 8. De acordo com os estúdios, o software é secreto, o que torna difícil a tarefa de se desenvolver aplicativos. Segundo ele, isso se deve ao fato de que o kit conta com um emulador do sistema, e este recria de forma fiel a experiência de uso de um gadget com Windows Phone 8, algo que a companhia não quer que vase para o público.

Por fim, Belfiore citou que a empresa busca conquistar uma fatia do mercado ainda não bem atendida, aquela com menos experiência na utilização de smartphones, como pais e mães de família, por exemplo. Segundo ele, a ideia é criar uma experiência personalizada, fácil e única, de forma que as pessoas não encontrem problemas na hora de utilizar o Windows Phone 8.

Vale lembrar que atingir esse mercado é um sonho compartilhado por todas as fabricantes, que já tentaram – sem sucesso, diga-se de passagem – conquistar esse público. Entretanto, Belfiore acredita que essa é a vez da Microsoft, pois experiências com o sistema (durante o seu desenvolvimento) mostraram resultados bastante positivos. Dessa forma, a companhia acredita que deve finalmente conseguir conquistar uma importante fatia do mercado móvel.

 Fonte: The Verge

Cupons de desconto TecMundo: