(Fonte da imagem: Divulgação/Microsoft)

Depois do anúncio do Microsoft Surface, é natural achar que o próximo passo seria produzir um smartphone dentro da própria empresa para rodar o Windows Phone 8, como um concorrente direto para o próximo iPhone.

Mas o gerente sênior de marketing da Microsoft, Greg Sullivan, acabou com todas as expectativas durante uma entrevista ao negar que um celular esteja nos planos da empresa. Ele afirmou que a base de parceiros (HTC, Nokia e outras fabricantes) é vasta e competente – e não faria sentido deixá-la em segundo plano para focar em um projeto interno.

Apesar da negação, a Microsoft deixou a entender na conferência do Surface que esses parceiros podem não conseguir reproduzir todas as capacidades do sistema operacional e de aplicativos específicos – e que, às vezes, só eles conseguem essa visão do produto. Será que a empresa pode mudar de ideia?

Fonte: Information Week

Cupons de desconto TecMundo: