(Fonte da imagem: Reprodução/Microsoft)

Uma das coisas mais chatas que existe nos celulares atuais com Windows Phone 8 é a necessidade de plugá-los em um computador para ter que atualizar o sistema e os aplicativos. Mas isso vai ser história de museu a partir do Windows Phone 8.

Durante a Windows Phone Summit 2012, a Microsoft confirmou que a nova versão do sistema operacional vai, assim como o Android 4 e o iOS 5, realizar atualizações pelo ar (via Wi-Fi ou 3G/4G), além de ter um programa de cadastro para usuários entusiastas terem acesso às atualizações antes delas serem liberadas a todos.

Combate à fragmentação

Outra boa notícia foi a confirmação de garantia de atualização do sistema operacional para cada novo aparelho lançado: pelo menos 18 meses. Isso significa um ano e meio de suporte para futuras atualizações como 8.5, 9 etc.

No entanto, vale salientar que o recente Lumia 900 foi confirmado como um dispositivo que não vai rodar a nova versão do Windows Phone, o que nos deixa um pouco céticos. É o mesmo caso do Android, uma vez que a Google propôs uma política semelhante ano passado e até hoje falta “policiamento” no que diz respeito ao cumprimento desta promessa.

Fonte: Microsoft/MSDN Channel9

Cupons de desconto TecMundo: