O Windows Phone não está vivendo um bom momento. Com as demissões em massa na divisão de smartphones da Nokia e o gradual desinteresse por parte de grandes desenvolvedoras – e fabricantes de smartphones em geral –, o sistema operacional fica a cada dia em uma posição mais complicada no mercado.

Ontem (23), mais uma empresa anunciou que deixaria de suportar o Windows Phone: a Vivino. Conhecida por oferecer uma plataforma social de notícias e reviews de vinhos, ela explicou que a tração obtida na loja do Windows não justifica os custos de desenvolvimento.

“Infelizmente, nós cessamos o desenvolvimento e o suporte para o app na plataforma Windows. A versão disponível na loja da Microsoft está desatualizada. Acontece que a tração que temos visto na plataforma não justifica o esforço no desenvolvimento. Essencialmente, nós sentimos que um app nativo não seria capaz de entregar a melhor experiência para nossos usuários. Sabemos que não ajuda muito, mas pelo menos é uma explicação da nossa parte. Seus vinhos e dados não serão perdidos, e você poderá acessá-los através de nosso website Vivino.com”, explica o comunicado oficial.

Desgaste

Embora o app Vivino não seja assim tão relevante para a maioria dos usuários de Windows Phone, o anúncio da companhia aumenta a pressão na plataforma, que tem uma participação de mercado cada vez mais baixa. Outras empresas grandes também têm abandonado o sistema da Microsoft. Em maio, por exemplo, a gigante Paypal divulgou que seu app para Windows Phone será descontinuado no dia 30 de junho deste ano.

Cupons de desconto TecMundo: