(Fonte da imagem: Reprodução/Microsoft)

Para evitar que o Windows 8 sofra com os mesmos problemas de pirataria que assolaram as versões anteriores do sistema operacional, a Microsoft decidiu alterar a maneira como o produto é ativado. A partir de agora, OEMs (Original Equipment Manufacters, ou fabricantes originais de equipamentos) não poderão mais usar a mesma chave de produto para ativar múltiplas cópias do produto.

Todas as empresas interessadas em lançar máquinas com o software vão ter que atrelar sua ativação à BIOS de cada computador. Além disso, as companhias terão que obter os códigos de registro diretamente com a Microsoft, forma encontrada pela companhia de evitar que as mesmas chaves de ativação sejam vendidas múltiplas vezes.

A nova política de segurança da companhia não deve afetar o consumidor final, a não ser aqueles que não estão dispostos a pagar por uma cópia legal do Windows 8. Embora em longo prazo isso não deva impedir que surjam versões piratas do software, a medida deve impedir que as vendas iniciais do produto sejam prejudicadas.

Fonte: Maximum PC

Cupons de desconto TecMundo: