Uma das maiores novidades para o Windows 8  apresentada pela Microsoft é a sua capacidade de rodá-lo em processadores da arquitetura ARM. Mas parece que estamos longe de ver um dispositivo desse à venda.

O site Digitime obteve relatos de fontes de dentro de fabricantes de notebooks e eles afirmaram que está programado apenas para junho de 2013 o lançamento de laptops baseados em processadores ARM com Windows 8.

De acordo com o site The Verge, essas informações teriam sido obtidas em Taiwan, onde fica a sede de fabricantes como Acer, Asus e MCI, e não devem condizer com o cronograma de HP, Dell, Samsung e LG, que podem agir de forma mais “agressiva” para levar o Windows para processadores ARM.

Porque a demora?

As principais causas desse atraso seriam a falta de suporte do software e a relutância dos fornecedores de notebook, pois os aplicativos para Windows 8 precisariam ser reescritos para rodar em um chipset ARM.

Mas os produtores de processadores ARM, como NVIDIA e Qualcomm, pretendem cooperar agressivamente com empresas como Lenovo e ASUS nas implementações, sendo que as duas vão fabricar notebooks e tablets desse tipo. A NVIDIA e a Qualcomm  já estão trabalhando em novos chipsets para serem usados em notebooks com o novo sistema operacional.

O maior benefício da arquitetura ARM é a economia de energia sem prejudicar o poder multimídia, permitindo que os tablets com Windows 8 enfrentem iPads e tablets com Android.

Um novo campo de briga

A Microsoft planeja lançar seu novo sistema operacional na segunda metade de 2012. De acordo com o Digitime, somente no final do ano que vem que os laptops com chipsets ARM vão aparecer "oficialmente", sendo que eles serão disponibilizados para venda apenas em meados de 2013.

As fabricantes de processadores ARM tem expectativas altas. Elas acreditam que em 2014 o chipset deve ser adotado em massa, e em 2015 o ARM torne-se a segunda plataforma do mercado de notebook.

É claro que a Intel e a AMD não vão ficar parada, olhando toda essa movimentação. O novo chipset da Intel, Ivy Bridge, será lançado no início de 2012 e o Haswell em 2013, sendo que ambos devem reduzir drasticamente o consumo de energia, tornando-os ideais para serem implantados em ultrabooks e tablets. A batalha vai esquentar.

Cupons de desconto TecMundo: