Além de servir como uma forma prática de visualizar a propriedade de um arquivo ou utilizar funções específicas de algum programa, o Menu de contexto do Windows serve como forma de dar ao usuário a opção de abrir o mesmo documento com uma série de aplicativos diferentes. Porém, nem sempre o usuário tem acesso às configurações dos itens exibidos, deixando na mão dos desenvolvedores de programas definir as opções mostradas.

Esse aspecto de personalização parece ser ignorado pelos desenvolvedores de softwares, que raramente desenvolvem ferramentas para configurar o Menu de contexto. Felizmente, existem exceções como o Fast Explorer, que tem como objetivo realizar a ligação entre programas e extensões de arquivo a fim de tornar a utilização do computador um processo ainda mais fácil.

Além disso, o software também serve como uma forma prática de organizar funcionalidades exibidas quando se clicar com o botão direito do mouse sobre itens do computador, eliminado aquelas opções pouco usadas ou que se mostram desnecessárias para o uso cotidiano.

Neste artigo, ensinamos todos os passos necessários para utilizar o programa que, embora não seja complicado, pode apresentar alguma dificuldade para quem não está acostumado com as funções disponíveis. O Fast Explorer está disponível em duas versões, sendo uma delas totalmente portátil – escolha a que se mostra mais adequada a seu gosto pessoal e mãos à obra!

Pré-requisitos:

Fast Explorer

Fast Explorer Portable

Função “Static Items”

A função “Static Items” (Itens estáticos) é o principal recurso disponível no Fast Explorer e, para a maioria das pessoas, se tornará a única opção utilizada com frequência. Através dela, o usuário seleciona diferentes programas e os associa com as diversas funções e extensões de arquivo disponíveis no computador.

Assim, toda vez que clicar sobre um item compatível, surge a opção de executar uma ação com o software selecionado. Siga os passos abaixo para configurar corretamente as ligações:

1) Após selecionar a opção “Static Items”, clique no botão “Add” (Adicionar)”;

2) Em seguida, selecione o programa que deseja associar a diferentes extensões (no exemplo, utilizamos o Mozilla Firefox);

3) Note que o nome do programa é adicionado ao lado esquerdo da tela, associado à opção “All Files” (Todos os arquivos). Isso significa que, ao clicar com o botão direito do mouse sobre qualquer arquivo, surge a opção de abri-lo com o Mozilla Firefox;

4) Como deixar essa opção ligada para todos os programas só serve como forma de poluir o Menu de contexto, clique sobre o nome do programa e, no canto direito da tela, selecione uma extensão ou função específica que deve ser associada a ele;

5) No lado esquerdo da tela será mostrado o tipo de extensão selecionada e os programas a ele associados. Caso deseje que vários programas surjam como opção, clique novamente sobre “Add” (Adicionar) e selecione a quantidade de softwares desejados, sem nenhuma espécie de limite;

6) Agora basta clicar em “Apply” (Aplicar) para que as mudanças entrem em vigor e, toda vez que clicar sobre a extensão configurada com o botão direito do mouse, surja a opção de executá-la com os programas configurados;

Função “Submenu Items”

A função “Submenu Items” atua de forma semelhante à anterior, tendo como única diferença permitir a montagem de menus complexos, incluindo divisões de categorias e subitens. Em geral, essa função fica restrita àqueles que gostam de personalizar a fundo o sistema operacional. Seu funcionamento se dá de forma muito semelhante à opção “Static Items”.

“Static Items Cleanup” e “Shell Extensions Cleanup”

Essas duas funções do Fast Explorer servem como forma de eliminar alguns dos itens que aparecem no Menu de contexto do Windows quando se clica com o botão direito do mouse sobre algum documento ou programa. Além de eliminar a ligação entre softwares e arquivos, pode-se eliminar opções comuns como reproduzir CDs adicionados ao drive de leitura ou a opção “Abrir”, por exemplo.

Devido à abrangência das opções disponíveis, recomendamos cuidado durante sua utilização, especialmente caso o usuário não conheça muito bem a forma com que a máquina utilizada funciona. No caso de dúvidas, a melhor solução é simplesmente deixar as configurações da forma como estavam originalmente.

Cupons de desconto TecMundo: