(Fonte da imagem: Reprodução/Microsoft)

O ciclo de vida do Windows 7 ainda parece longe de terminar: o produto é um dos mais populares atualmente, sendo mais adotado até que o Windows 8 e sua mais nova atualização. Por conta desse sucesso, a Microsoft pode ignorar a própria política e prolongar a "existência" do sistema operacional.

Isso porque a página de suporte do sistema operacional teve algumas datas modificadas sem muito alarde, mas com um significado bem claro. No caso do Windows 7, a data para o fim das vendas do sistema operacional pré-instalado em computadores era de 30 de outubro de 2013. Na loja virtual da empresa, ele até já não constava como um produto que pode ser adquirido. Há alguns dias, entretanto, a companhia voltou atrás e trocou o dia para um "A ser determinado".

Já o fim do suporte completo ao Windows 7 continua valendo: 13 de janeiro de 2015. Isso significa que atualizações automáticas, correções e assistência técnica em geral não serão mais oferecidas ao sistema operacional. Mas isso não significa que ele vai sumir tão rápido assim: revendedoras, especialmente lojas online, ainda têm muitas cópias sobrando e devem comercializá-las até o fim do estoque.

A data de validade do Windows 8 continua outubro de 2014. Desde 2010, a política da Microsoft é parar de comercializar versões antigas um ano após o lançamento do sucessor.

Cupons de desconto TecMundo: