Esta prática é comum. Após algum tempo de lançamento do sistema operacional, a empresa desenvolvedora disponibiliza aos consumidores uma série de atualizações que devem ser feitas para melhorias na segurança e nas funcionalidades daquele sistema. A Microsoft faz parte deste time e também lança atualizações com frequência.

Com o Windows 7 não poderia ser diferente, por mais que ele seja o sistema operacional mais completo da Microsoft, ainda há o que ser arrumado. Mas quando há um número muito grande de atualizações, elas são lançadas como Service Packs, ou seja, pacotes de serviços criados para que o sistema operacional ganhe novas vantagens.

Service Pack 1 com novidades para gerentes de TI

Lançado nesta semana, o SP1 do Windows 7 traz alguns ajustes para os computadores com o sistema operacional instalado. Mas o pacote não é voltado aos consumidores domésticos, e sim para os profissionais de TI. O pacote de instalação possui 1,2 GB, disponibilizado nos idiomas inglês, francês, alemão, japonês e espanhol.

Não é recomendado para usuários domésticos por dois motivos principais: ainda em fase de testes, o SP1 não foi completamente estabilizado; além disso, as modificações oferecidas pelo pacote não apresentam modificações nas funcionalidades padrão, ou seja, não há modificações que possam ser percebidas na utilização do sistema operacional.

Ainda em fase Beta, o Service Pack não terá suporte garantido pela Microsoft. A empresa diz ainda que o SP1 é apenas um apanhado de correções e atualizações já lançadas pelo Windows Update, com a adição de algumas correções que foram sugeridas por usuários avançados e algumas empresas parceiras.

Junto ao SP1 do Windows 7, também foi lançado o pacote de novidades para o Windows Server 2008 R2. Com ele, gerentes de TI poderão experimentar melhores resultados em controles remotos de estações com o Windows 7, incluindo os belíssimos efeitos gráficos Aero Glass e Silverlight.

Especialmente criado para servidores

A Microsoft afirma que até a metade de 2011, o pacote de atualizações em sua versão deve chegar às centrais de download dos usuários, quase dois anos após o lançamento oficial do Windows 7. Outra informação que está sendo divulgada pela imprensa internacional, afirma que a versão final do SP1 não poderá ser instalado sobre a versão Beta, ou seja, será necessário desinstalar o pacote de testes.

Se, mesmo sabendo que é uma versão de testes e que a Microsoft não oferece suporte técnico, você quer atualizar o seu Windows 7 com o pacote de serviços: clique aqui para efetuar o cadastro no TechNet da Microsoft e baixar o SP1.

Cupons de desconto TecMundo: