As análises que o Baixaki tem feito com várias marcas de equipamentos são um grande sucesso de público, pois não só exibimos superficialmente as máquinas, como também fazemos testes que levam os dispositivos aos seus limites. Só assim é possível mostrarmos se vale a pena pagar o preço que os fabricantes estão pedindo por seus produtos.

Em julho de 2009, a Positivo Informática lançou sua série de notebooks Premium. Segundo a própria fabricante, os computadores dessa linha são destinados a várias categorias diferentes de usuário. Neste artigo, viramos do avesso o Notebook Positivo Premium R451P, uma máquina projetada para quem é mais exigente quanto ao desempenho.

Para começar, vamos dar uma olhada na tabela abaixo, que contém as especificações técnicas do notebook.

Espeficifações Positivo Premium R451P

*Especificações verificadas através do programa FreshDiagnose. Algumas informações não correspondem às que constam no manual do usuário.

Devo comprar um Positivo Premium R451P?

A resposta para essa pergunta é: depende. Os artigos que o Baixaki produz analisando computadores e produtos eletrônicos não têm a intenção de convencer o leitor a comprar este ou aquele equipamento. Nosso intuito é somente informar as características dos produtos, bem como demonstrar seus prós e contras, suas vantagens e potenciais falhas.

Se o seu perfil é o que chamamos de “gamer”, por exemplo, o R451P não é uma boa opção, pois sempre que você executar uma aplicação que utilize recursos 3D, o desempenho será prejudicado por causa das limitações do chipset SiS que acompanha a máquina. Pelo mesmo motivo, designers também não conseguirão tirar máximo proveito de suas aplicações de desenho.

Visão geral do R451P

De todo modo, o R451P é um computador de qualidade, muito bem acabado, perfeito para executivos, estudantes e outros usuários que precisem exercer suas atividades do dia a dia, com sobra de recursos. A quantidade de portas para conexão com pendrives e cartões de memória, além do slot para expresscard e o gravador de DVD, dão muita versatilidade ao R451P e o tornam ainda melhor para quem precisa manter o notebook sempre consigo, onde quer que vá.

Alguns poderiam pensar que o preço de R$2699,00, sugerido pela própria Positivo Informática, é um pouco salgado, piorando a relação custo benefício, mas basta que olhemos para os softwares que acompanham o notebook para percebermos que o preço está em uma margem aceitável.

Além do Windows Vista Home Premium, o R451P veio com o Microsoft Works (uma espécie de Office mais simples), o Microsoft Office Home and Student, upgrade grátis para o Windows 7 (pagando somente o custo da mídia e o frete), bem como um ano de uso grátis do Kaspersky Antivirus. Esse pacotão de softwares custaria aproximadamente R$300,00, se comprado à parte, sem contar o preço real do Windows 7, que quando for lançado estará na casa das centenas de reais.

Design e Construção

O Positivo Premium R451P possui desenho moderno, com a tampa em preto piano e a área do teclado na cor branca perolada. A tampa em preto piano é completamente lisa, o que confere ao notebook um visual moderno e bonito, mas ao mesmo tempo prejudica sua estética, pois bastará retirar a proteção plástica para que a tampa comece a ficar cheia de marcas de dedos.

Tampa em preto-piano

O teclado tem tamanho confortável e teclas ásperas, que podem causar estranhamento no início, mas logo é possível se acostumar, já que elas são macias e silenciosas. O teclado áspero também tem maior durabilidade, demorando mais tempo para se desgastar, além de melhorar a digitação, pois teclas mais ásperas ajudam a evitar que o seu dedo “escorregue” para a tecla ao lado.

Mouse

O mouse touchpad é extremamente incômodo. Seus botões são muito duros, dificultando a utilização por longos períodos e principalmente quando é necessário clicar e arrastar algo ao longo da tela. É recomendável que você use um mouse USB, deixando o touchpad somente para situações em que um mouse comum não pode ser usado. A sensibilidade do touchpad é grande, mas seu tamanho e posição não atrapalham na hora de utilizar o teclado (dependendo do tamanho das mãos do usuário).

Botões especiais

Teclado

Há três botões especiais na área superior do teclado. Da esquerda para a direita, pressionando os botões especiais, você poderá abrir seu cliente de email padrão, seu navegador padrão e personalizar a terceira para qualquer função desejada. Como qualquer notebook, também é incluída a tecla “Fn”, que permite que funções adicionais sejam executadas no teclado. Veja abaixo algumas das funções possíveis com a tecla “Fn” pressionada, combinada com outras.

- Ligar ou desligar o touchpad, para momentos em que você estiver usando um mouse USB, ou mesmo quando for digitar por longos períodos. Isso evita que você clique ou mova o cursor acidentalmente.

- Aumentar e baixar o volume ou emudecer as caixas de som (ou fones de ouvido, se conectados).

- Aumentar ou reduzir o brilho da tela.

Teclas de função em destaque

- Ligar ou desligar a webcam – lembre-se de que você precisa ligá-la manualmente antes de poder utilizar em qualquer programa. Se não fizer isso, o programa não a reconhecerá.

- Habilitar ou desabilitar a rede wireless manualmente – o padrão é sempre ligado, mas se você quiser aumentar a segurança, desabilite a placa de rede wireless sempre que não estiver usando.

- Executar ou pausar a reprodução de arquivos de mídia no programa que estiver aberto.

Ainda falando sobre a área do teclado, percebe-se facilmente um pequeno orifício logo abaixo da barra de espaços, que é o microfone. A posição não é das melhores, pois ele captará com facilidade o ruído causado pela digitação. O ideal seria que ele estivesse ao lado da webcam, incorporado à tampa do notebook. Porém, há a entrada lateral de microfone, que pode resolver o problema. O apoio para as mãos é arredondado, sendo uma grande vantagem para quem fica muitas horas apoiado sobre a máquina.

Detalhe do teclado e touchpad

As luzes na área inferior do teclado ajudam o usuário a monitorar a conexão com a fonte de alimentação, utilização ou não da bateria, ativação do dispositivo wireless (ele pode ser desligado com a tecla Fn + F11), atividade do disco rígido e a ativação do Num Lock, Caps Lock e Scroll Lock.

Som

Uma boa ideia foi embutir as caixas de som à tampa do notebook, logo abaixo do monitor. Isso faz com que elas fiquem sempre direcionadas para a posição adequada, acertando em cheio os ouvidos do usuário. Caixas de som que ficam próximas à área do teclado podem perder eficiência, conforme a posição em que o usuário se colocar. Com o Positivo Premium isso não acontece.

Imagem ilustrativa

Nos testes, o som pareceu estar sendo produzido dentro da cabeça do ouvinte. Um efeito ótimo para quem gosta de assistir a filmes e shows no notebook. Visualmente, as caixinhas têm um desenho interessante: nota-se que as aberturas por onde o som sai lembram o gráfico saltitante de um equalizador.

Monitor

O tamanho do monitor de 14,1 polegadas é suficiente para trabalhar, assistir a vídeos, navegar na internet e executar as tarefas do seu dia a dia sem problemas. Entretanto, há um excesso de reflexão devido ao material da tela. Isso dificulta o uso em locais com muitas luzes. Seria melhor que a tela tivesse uma textura fosca, como é padrão em algumas marcas de notebooks e monitores. Para ter menos reflexo, o usuário poderá usar o notebook em ambientes mais escuros, o que não é nada recomendável, pois prejudica muito a visão.

Monitor do R451P - Excesso de reflexo

Conexões de sobra

O Positivo Premium R451P vem com uma série de conectores para que você utilize acessórios e dispositivos externos. Como é comum entre notebooks, você terá à disposição uma porta VGA para conexão com um monitor externo, um soquete para cabo de rede (RJ45), um soquete para conexão de cabo telefônico (RJ11), para uso com o modem discado, uma saída de áudio comum estéreo, uma entrada para microfone e uma saída SPDIF para áudio digital.

Veja nas imagens abaixo cada uma das portas e a legenda com seus nomes.

Visão lateral

1. Conexão S/PDIF (saída de áudio)

2. Conexão para microfone externo

3. Conexão para fone de ouvido

4. Porta USB 2.0 (x3)

5. Unidade ótica e orifício de ejeção manual

6. Conector de modem (RJ-11)

7. Fechadura para bloqueio Kensington

8. Conexão de energia (CC)

9. Conexão para monitor externo

10. Porta de rede Ethernet (RJ-45)

11. Conector eSATA para dispositivos externos (não estava presente no modelo que testamos)

12. Saída de alta definição HDMI (não estava presente no modelo que testamos)

13. Aberturas para ventilação

14. Leitor de cartões (MMC / SD / MS / MS Pro)

15. Entrada para Express Card 54/34mm

A grande quantidade de portas para conexão de acessórios é digna de um equipamento “Premium”. Se as portas HDMI e SATA estivessem realmente disponíveis, o R451P seria uma máquina digna de louvor. Mas no modelo testado, estas portas estavam lacradas com borrachas impossíveis de serem retiradas (e nós tentamos muito).

O manual do usuário é genérico para vários modelos. Consequentemente, o consumidor não tem clareza para saber se o seu notebook tem ou não as portas mencionadas. No site da Positivo Informática também não consta nenhuma informação sobre a presença das portas, o que nos levou a desistir de tentar retirar os lacres de borracha e acreditar que os conectores não estão disponíveis

O leitor de cartões dá uma maior flexibilidade, pois o usuário poderá escolher de que forma deseja carregar suas informações. O soquete para Express Card também é uma boa pedida, pois você poderá instalar placas que adicionarão funcionalidades ao notebook. A quantidade de portas USB é satisfatória: há um conector na lateral direita e dois na esquerda.

Travas da bateria

O encaixe da bateria possui dois tipos de trava: uma com mola e outra sem. Para retirar a bateria, o usuário deverá mover um das travas para a posição aberta e segurar a outra, o que soltará a bateria do encaixe. Dessa forma, a bateria fica mais segura quando está encaixada e o risco de desencaixe acidental é reduzido.

Testando o desempenho

Como o notebook tem o sufixo “Premium”, fomos exigentes nos testes. Não deixamos passar nada. Contamos até o tempo em que o Photoshop demorou para ser instalado. Também fizemos um teste para ver quanto tempo a máquina leva para iniciar e entregar o comando ao usuário. Em nossa medição, desde o momento em que o botão de ligar foi pressionado, até haver a possibilidade de controle por parte do usuário, passou-se 1 minuto e 5 segundos. Esse desempenho não é dos melhores, levando-se sempre em conta que estamos tratando de uma máquina cara e, por isso, a performance deveria ser melhor – mesmo com o Windows Vista 64 bits, que é pesadíssimo.

Como já era esperado, no índice de avaliação do Windows Vista, a baixa capacidade do chip gráfico integrado foi o gargalo que fez com que a nota obtida fosse 3,0. Veja abaixo a nota dos demais itens.

Índice de experiência medido pelo Windows

Photoshop CS4

Procedemos com a instalação recomendada do Photoshop CS4 (sem personalizar qualquer componente), que foi completada em 32 minutos, sem nenhuma outra atividade sendo realizada, ou seja, todo o desempenho do R451P estava voltado para a instalação. Passando para a operação do programa, primeiro testamos a versão 32 bits, depois a 64 bits.

Para abrir o programa, o R451P demorou 6 segundos na versão 32 bits e 23 segundos na 64 bits - desempenho mais do que suficiente. Em seguida, abrimos uma imagem de 17,5 MB, no tamanho 7680 por 4320 pixels. O notebook gastou 3 segundos para abri-la na versão 32 bits.

Logo Photoshop

As limitações do chipset SiS com chip gráfico integrado começaram a aparecer quando resolvemos aplicar alguns filtros no Photoshop. Os filtros mais simples tiveram desempenho aceitável, demorando poucos segundos para serem visualizados e aplicados. Já com filtros mais complexos, tivemos problemas. Abrimos a tela do Liquify, que demorou pouco mais de 20 segundos para terminar de carregar.

Durante o desenho do filtro, o pincel parou várias vezes e chegou a causar o travamento momentâneo do programa. Quando mandamos aplicar as alterações, começou o sofrimento: aguardamos 5 minutos para que o filtro fosse aplicado (a barra de progresso chegou à metade do caminho), quando desistimos e mandamos o processo ser cancelado.

Conclusão do teste com Photoshop: o Positivo Premium R451P não oferece um bom desempenho para os usuários que precisam aplicar filtros mais pesados. No entanto, se a sua intenção é fazer pequenas edições, aplicando os filtros mais comuns do programa, o notebook é capaz de fazê-lo sem problemas, nem quedas de performance.

Programas de benchmarking

O PCMark e o 3DMark são programas especificamente projetados para testar até onde um computador pode levar seu desempenho. Ou seja, eles medem a capacidade máxima da máquina, não significando que será sempre a performance constatada no dia a dia. Submetemos nossa cobaia a ambos os programas e obtivemos os resultados a seguir.

Teste com o PCMark

No PCMark, o resultado da comparação com outros 6 sistemas similares, feita pelo próprio programa, revelou que o R451P teve o pior desempenho entre todos, com 2322 pontos. Mas é importante ressaltar que isso não significa que o notebook é pior. Em nossos testes com o notebook da HP, modelo dv5-1270br, a pontuação obtida pela máquina (que tinha uma configuração mais robusta), foi similar à do Positivo Premium (com 2374 pontos).

Nos testes com o 3DMark, tivemos que instalar uma versão antiga do programa, pois a versão mais recente exibiu uma mensagem de erro, dizendo que o notebook não suportava o DirectX 10. Como já imaginávamos, o chip gráfico integrado Mirage 3+ teve desempenho abaixo do aceitável. Em gráficos muito complexos, o notebook não conseguiu processar mais de 1 quadro por segundo. O resultado no 3DMark foi de somente 362 pontos.

Jogando no R451P

Instalamos o World of Warcraft: Wrath of The Lich King no notebook, para testar sua performance melhor. Mesmo em um jogo que não exige uma configuração muito cara, como é o World of Warcraft, a conclusão é que realmente não é possível executar jogos ou aplicações que utilizem tecnologia 3D, pois o chipset sofre muito para processar as informações. No World of Warcraft, conseguimos rodar a 15 quadros por segundo, com configurações gráficas médias, em locais sem muito movimento de outros jogadores, nem gráficos muito complexos.

World of Warcraft

As imagens acima são screenshots tirados do jogo sendo executado no notebook. Perceba que, ao fundo, existem imagens brancas chapadas. Elas deveriam ser montanhas, mas tivemos que reduzir as configurações de qualidade para o mínimo para conseguirmos rodar o jogo, causando esse efeito ruim. Mesmo assim, alguns chipsets com gráficos integrados conseguem produzir o efeito de neblina que "esconde" os gráficos distantes para não sobrecarregar o computador. O Mirage 3+ por algum motivo não criou esse efeito.

Bateria

BateriaFizemos dois testes com a carga da bateria. No primeiro, ligamos a máquina já sem a fonte de alimentação e abrimos um show musical em DVD. Deixamos o R451P rodar o DVD em tela cheia até que a bateria se esgotasse e o notebook fosse desligado. Depois, religamos a fonte de alimentação e restauramos a sessão do Windows.

Voltando ao Windows Media Player - que foi pausado automaticamente quando a bateria acabou – constatamos que foi possível assistir a 1 hora e 27 minutos de show. Somando isso aos poucos minutos da inicialização, até o momento em que o DVD foi iniciado, podemos arredondar a duração da bateria para 1 hora e meia.

No dia seguinte, com a bateria já carregada, ligamos o notebook já sem a fonte de alimentação. Neste segundo teste, não exigimos tanto da máquina - este artigo foi redigido em parte utilizando a bateria do notebook. Também navegamos na internet para realizar pesquisas, utilizando a conexão wireless do escritório, e deixamos o Skype e o MSN abertos ao mesmo tempo. Este teste demonstrou uma maior duração da bateria: 1 hora e 57 minutos, com o brilho da tela no máximo.

Softwares pré-instalados

-Windows Vista Home Premium Windows Vista Home Premium – com destaque para o telefone do suporte da Positivo Informática, que consta na tela de propriedades do sistema (algo raro entre os fabricantes de computadores).

- Upgrade gratuito para o Windows 7 (com o pagamento de R$29,90, a título de despesas com o envio e custo da mídia).

- Microsoft Office 2007 Home and Student – solicitará o número de série em sua primeira execução. O número de série pode ser encontrado na caixa do CD que acompanha o notebook.

- Kaspersky Antivirus – não vem pré-instalado, mas poderá ser encontrado na pasta “C:\Positivo\KAV”, juntamente com o arquivo KEY, que possui sua chave de registro gratuita.

- Adobe Reader.

Positivo- QuickTime Player.

- Software da webcam para captura de imagens e vídeos.

- Manual do usuário em formato PDF.

- Discador Positivo para conexão do modem discado.

- Jogo Food Force.

- Relação de Assistências Técnicas Autorizadas.

Quase uma autópsia

Esperamos ter coberto todos os detalhes importantes a respeito do Positivo Premium R451P, e que você tenha ficado satisfeito com as informações que passamos. Agora que você conhece essa máquina, solte o verbo no sistema de comentários, dando sua opinião sobre as suas impressões a respeito deste notebook.

Cupons de desconto TecMundo: