Tela de escolha não estava aparecendo (Fonte da imagem: Reprodução/Slash Gear)

A Microsoft declarou que um “problema técnico” no Windows 7 Service Pack 1 fez com que milhões de pessoas na Europa não pudessem ver a tela que permite escolher o navegador de internet durante a instalação do sistema operacional. Segundo a empresa, 28 milhões de pessoas foram afetadas.

O problema, contudo, é bem mais sério. Em 2009, a companhia havia fechado um acordo com a “European Commission”. No tratado, a Microsoft disponibilizaria opções para que quem realizasse a instalação do Windows 7 pudesse contar também com outras alternativas que não fossem somente o navegador da empresa, o Internet Explorer.

Assim, um pequeno recurso chamado BCS seria instalado junto com o SO. Este, por sua vez, identificaria os browsers instalados previamente – e indicaria as opções adequadas para cada pessoa. O acordo foi criado como uma forma de a empresa respeitar as leis antitruste do continente europeu, o qual obriga que o sistema operacional ofereça também outras opções de navegadores.

Segundo o The Verge, a Comissão Europeia já começou a trabalhar no caso. O órgão promete investigar a fundo, tudo para descobrir se o problema foi mesmo ocasionado por um bug ou se a Microsoft agiu propositalmente para obrigar as pessoas a utilizar o IE.

Caso a quebra intencional no acordo venha a se confirmar, a companhia deve sofrer graves sanções no mercado europeu, como uma multa de 10% sobre os lucros. Neste caso, o resultado seria um prejuízo de cerca de 7 bilhões de euros para a empresa.

Numa tentativa de acalmar a Comissão, a companhia, além de ter reconhecido o problema, falou também que já está agindo na resolução do caso. Segundo a Microsoft, os seus engenheiros já realizaram as devidas atualizações, que devem ter a sua distribuição completada até o fim desta semana.

Fonte: Slash Gear e The Verge

Cupons de desconto TecMundo: