Desde antes do lançamento do Windows 10, a Microsoft e suas parceiras têm comentado sobre como aAPI DirectX 12 é mais interessante do que a versão 11 para desenvolvedores e gamers. Segundo a empresa, com o mesmo hardware, seria possível conseguir um aumento de performance de 20% e ainda melhorar significativamente os gráficos. Agora, com o novo SO e a API lançados, os primeiros benchmarks confirmam que a Microsoft não estava contado lorota.

Segundo o pessoal do ING, foi possível testar a versão 11 e a 12 do DirectX no mesmo sistema, antes de depois da atualização da API. Foi utilizado um PC com uma GPU NVIDIA GTX 980 Ti e um processador Intel Core i7-4790K. Fora isso, a placa gráfica estava utilizando a última versão dos drivers da NVIDIA.

Para conseguir realizar esse teste, eles utilizaram o jogo Ashes of the Singularity, que é compatível com o DirectX12 e também com algumas versões anteriores, como a 11. Infelizmente, os resultados não podem ser considerados “concretos” pelo fato de o game estar em fase pré-beta e ainda deve receber uma série de mudanças. Pelo menos até 2016, não deve haver nenhum game finalizado utilizando o DirectX 12 no mercado.

Tendo isso em mente, confira os números do ING:

Como você pode conferir, a versão 12 realmente representa uma melhora interessante na performance, mas se destaca principalmente no “Heavy Batch”, que é o teste mais estressante que pôde ser feito. O aumento de desempenho foi realmente de 20%, como a Microsoft previa.

Agora, em um teste sintético do 3DMark, o API Overhead, o DirectX 12 simplesmente deu uma “lavada” no seu antecessor. Os números foram de 2,6 milhões de pontos para 16 milhões. Contudo, é interessante lembrar que, como esse é um teste sintético, ele não representa a realidade dos games com precisão.

O DirectX 12 está disponível apenas no Windows 10 e pode funcionar em praticamente qualquer GPU mais moderna. Qualquer AMD Radeon 7000 ou mais recente pode ser atualizada e qualquer NVIDIA das séries 400, 500, 600, 700 e 900 também.

Cupons de desconto TecMundo: