O Windows 10 Technical Preview já está disponível há algum tempo para download e, mesmo com tão pouco tempo de vida, já foi baixado mais de 1 milhão de vezes. O sistema operacional recebeu uma atualização recentemente e você já conferiu 10 recursos que queremos ver nele, além das nossas primeiras impressões.

Mas o que o resto do mundo acha sobre essa atualização do sistema operacional mais popular de todo o globo? Quais são os pontos a melhorar? O que está faltando? Quais são os problemas encontrados e sugestões apontadas? A Microsoft mostrou-se bastante preocupada com essas questões e é por isso que preparou uma página especial para receber o feedback dos fãs e entusiastas do SO.

O Uservoice, também chamado de Windows Feature Suggestions, é um site que recebe as sugestões e relatos de problemas encontrados por todos os usuários do mais recente software da Microsoft. Lá, todos os tópicos podem ser visualizados e votados, colocando as questões mais relevantes “para cima” na visão do público.

A companhia já usou essa metodologia com o Windows Phone e foi algo decisivo para definir o nome da assistente pessoal do SO, a Cortana. Paul Thurrott, administrador de um site dedicado a notícias e artigos sobre a Microsoft e suas soluções, divulgou uma análise dos principais pedidos e soluções do público e disponibilizou através de uma lista bem interessante.

Essa seleção é resultado de um script desenvolvido por Matt Goldstein, que considerou todos os tópicos que obtiveram pelo menos 25 “curtidas”. Nós analisamos essa lista e separamos aquelas sugestões que consideramos mais relevantes para os usuários do Windows. A sequência não respeita uma ordem de preferência ou votação dentro do site da Microsoft. Vamos à lista?

1. Adicionar abas no Windows Explorer

Quem usa algum dos navegadores modernos, como o Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer (ou seja, tudo mundo), já está mais do que acostumado com o conceito de abas. Esse recurso dispensou a necessidade de mantermos várias janelas do mesmo programa abertas ao mesmo tempo, possibilitando liberar um pouco de espaço na Barra de ferramentas.

Até mesmo um dos principais softwares da Microsoft, o Office (em muitas de suas ferramentas), possui essa funcionalidade. É por isso que já está mais do que na hora de o Windows trazer essa opção para o seu explorador de arquivos, o famigerado Windows Explorer. Aplicativos de terceiros já possibilitam esse recurso, mas seria interessante ver algo oficial nesse sentido. Outra sugestão seria a possibilidade de ver duas abas ao mesmo tempo em uma janela, mas essa pode ficar para a próxima.

2. Terminar a transição de Painel de Controle para Configurações do Sistema

A distinção entre o Painel de Controle e a opção Configurações do Sistema já tem causado confusão demais. Centralizar esses recursos seria a melhor saída para a Microsoft evitar reclamações nesse sentido, já que é difícil saber em qual das suas alternativas você vai encontrar o que procura.

O menu de Configurações do Sistema trouxe a aparência do Windows 8, enquanto o Painel de Controle manteve o mesmo design e esquema de organização de várias gerações passadas do SO. Se a intenção é migrar tudo para o novo formato, o melhor é fazer isso com cuidado, pois muitas pessoas devem estar bastante acostumadas com o modo de configuração tradicional do Windows.

3. Um Bloco de Notas melhor

Se até o Prompt de Comando e o Paint mudaram, por que não atualizar o tão utilizado Bloco de Notas? Esse programa é uma “mão na roda” para anotações rápidas e recados, e muitos já conhecem e executam o comando para abri-lo depressa: “notepad”.

É verdade que talvez a simplicidade seja a maior vantagem desse programa e que a alternativa WordPad possa ser a solução. Mas todos estão tão acostumados com o Bloco de Notas e o seu nome é tão sugestivo para o que precisamos fazer que não queremos deixar de usá-lo. Portanto, o pedido é para que, depois de tanto tempo sem sofrer uma alteração significativa, a Microsoft dê uma repaginada no Notepad. Uma sugestão seria olhar para um concorrente bem eficiente e digno de respeito: o Notepad++.

4. Volta do Aero Glass

O Aero Glass é um recurso que estreou no Windows Vista e possibilita a transparência de alguns elementos do sistema operacional. Com a chegada da versão 8 do SO, a Microsoft resolveu limitar essa funcionalidade para aprimorar o desempenho (uma vez que ela exige um pouco mais de processamento gráfico) e o consumo de energia. O motivo é óbvio: dispositivos móveis.

Porém, a demanda de muitos usuários que possuem um desktop com processamento suficiente para executar esse recurso e que está sempre plugado na tomada é de que o Aero Glass volte para embelezar a Área de trabalho. As leves sombras envolvendo as janelas do Windows 10 podem ser um indicativo de que a Microsoft esteja apenas começando a implementar as mudanças visuais.

5. Renovação de todos os ícones

Como já apontamos em outro texto publicado aqui no TecMundo e constatamos em nossa análise prévia do Windows 10, nem todos os ícones do sistema passaram por uma renovação, adotando o design mais “chapado” e com cores mais opacas da versão mais recente.

Ícones como o “Meu Computador” e “Rede” já apresentam a nova aparência, enquanto o “Painel de Controle”, unidades de disco, as pastas e até a “Lixeira” ainda estão com o design antigo. Da mesma forma que a migração falha entre os menus de configuração do sistema, parece que esse pequeno detalhe ainda não conseguiu se definir entre os números 7 e 8.

6. Simplificar o uso de uma conta local

A opção de conectar uma conta da Microsoft ao sistema operacional não agradou a todo mundo. Mas, para contornar esse problema, a companhia possibilita fazer o login através de uma conta local, exatamente da mesma forma que acontecia tradicionalmente no Windows 7. A questão é que essa opção está um pouco “escondida” nas versões mais recentes do sistema e o grito é para que isso se torne mais fácil aos usuários.

Porém, Paul Thurrott deixa uma crítica para aqueles que não querem conectar uma conta ao sistema operacional: “Pessoal, é hora de entrar no século 21, e se você não consegue lidar com uma conta conectada, talvez o Windows 10 não seja para você”. Uma boa ideia seria possibilitar a conexão de uma conta da Google (o que é muito difícil de acontecer).

7. Transformar o Windows Update em uma verdadeira central de atualizações

O Windows Update consegue lidar bem com os vários dispositivos que conectamos aos nossos PCs, fazendo com que a realidade do “plug and play” seja realmente concretizada. No entanto, não são raros os casos em que precisamos “cavar” na internet para encontrar o driver daquele equipamento não tão conhecido. E, com frequência, nos deparamos com a infelicidade de não o encontrar.

É evidente que esse é um esforço que não depende só da Microsoft, mas também das fabricantes de dispositivos que precisam respeitar uma série de padrões. Porém, tornar todo esse processo mais fácil seria muito bom, principalmente considerando aqueles usuários menos experientes e que acham que tudo que é plugado na porta USB deve funcionar em alguns instantes.

8. Possibilidade de fixar qualquer coisa no Menu Iniciar e Tela Iniciar

É muito bacana ver que podemos fixar vários programas na Tela Iniciar e no novo Menu Iniciar que chegou ao Windows 10. Porém, ainda não é possível colocar qualquer coisa nas “tiles” e seria ainda mais bacana se pudéssemos pôr favoritos e arquivos específicos nesses lugares.

E é importante ressaltar que essa opção deve valer para ambos os formatos que a Microsoft adotou para o Menu Iniciar. Dessa forma, a personalização vai atingir um grau bem alto, possibilitando abrir quase qualquer coisa com apenas alguns cliques.

9. Permitir mover ou desabilitar os novos botões de pesquisa e Task View

Os novos botões de pesquisa e Task View que ficam ao lado do Menu Iniciar ofereceram um atalho excelente para essas duas funções do sistema. A busca disponibilizada por essa funcionalidade ainda não é tão poderosa quanto o Spotlight do sistema operacional da Apple. Já o Task View é uma boa alternativa para ver todos os programas abertos.

No entanto, por mais úteis que sejam essas opções, alguns podem não gostar ou simplesmente não concordar com a posição em que elas estão. Portanto, seria muito interessante por parte da Microsoft possibilitar mover ou desabilitar esses botões, assim como já acontece com os outros ícones da Barra de ferramentas.

10. Tornar o Windows gratuito para todo mundo

Essa sugestão, infelizmente, dificilmente se tornará uma realidade. A Microsoft ainda obtém grande parte de seu rendimento a partir das vendas do seu SO e, portanto, é pouco provável que ela vá disponibilizá-lo gratuitamente para todo mundo, mesmo que esse seja o desejo de muitos.

Apesar disso, há promessas de que o update será totalmente gratuito para os que possuem o Windows 8 ou 8.1 e também há rumores sobre algo envolvendo o sepultado Windows XP. Mesmo que isso seja verdade, é fácil perceber a quantidade de pessoas que vão estacionar na versão 7 simplesmente porque não querem pagar para utilizar a 10.

--

Estes foram os principais pedidos das pessoas que experimentaram o Windows 10 Technical Preview. O que você achou da lista? Concorda com todos os pontos apresentados aqui? Acha que está faltando alguma coisa? Deixe sua opinião no campo dos comentários!

Cupons de desconto TecMundo: