O recurso de múltiplos desktops é algo que realmente pode ser muito útil. Trabalhar com aplicações diferentes em cada um dos ambientes sem manter uma quantidade enorme de janelas abertas e comprometer o desempenho do computador é uma das principais vantagens. O Ubuntu e o Mac OS X já trazem nativamente esta funcionalidade, e pode ser que a próxima versão do Windows (que está sendo chamada de Threshold) também venha com este recurso integrado.

No Windows, só é possível aproveitar as vantagens das múltiplas Áreas de trabalho com a utilização de software de terceiros. Entre todas as opções, uma indicada pela própria companhia é o Desktops, disponível no TechNet. A Microsoft está cogitando trazer esse recurso na nova versão do Windows, mas, como ele ainda está em fase inicial de desenvolvimento, é difícil confirmar se isso será verdade ou não.

Essa funcionalidade é ideal para dispositivos com telas pequenas ou computadores em que a presença de mais de um desktop beneficiaria a produtividade. As múltiplas Áreas de trabalho poderiam ser acessadas através de atalhos no teclado ou botões na Barra de tarefas. Esse recurso pode ser mais um motivo para convencer aqueles que ainda estão utilizando o Windows 7 (ou estão parados no tempo usando o Windows XP) a fazer um upgrade no sistema.

Recurso de múltiplas Áreas de trabalho já está presente no Ubuntu e Mac OS X

Cupons de desconto TecMundo: