Windows 10 fez 1 ano de aniversário recentemente e, para comemorar, a Microsoft lançou uma atualização gigantesca com várias correções de erros e melhorias solicitadas pelos usuários.

O update aperfeiçoou o uso de vários dispositivos, mas parece que, ao tentar ajustar algumas coisas, a desenvolvedora causou alguns inconvenientes para diversas pessoas que utilizam webcams conectadas via USB.

De acordo com a informação reportada pelo site Thurrott, a atualização de aniversário do Windows 10 impede o uso da codificação via MJPEG e H264, forçando os componentes a usarem o método YUY2. O problema é que alguns modelos não estão programados dessa forma e podem apresentar travamento (com imagens que congelam) em vários aplicativos.

Por que a Microsoft fez isso? Segundo a explicação oficial, o update mais recente permite que a câmera seja acessada em novos locais do sistema e por mais aplicativos, porém manter a permissão para codificação em MJPEG e H264 resultaria em duplicação de processamento, o que, consequentemente, prejudicaria o desempenho da webcam.

A Microsoft informou, em uma declaração genérica, que não há muitos relatos sobre esse problema, mas que o erro será identificado e corrigido assim que possível. Usuários que atualizaram recentemente podem reverter o update em até 10 dias. Aqueles que já passaram desse período devem aguardar até que a Microsoft libere uma nova atualização, em setembro.

***

E aí, curtiu o conteúdo? Sabia que você pode comprar o Windows 10 e baixar na hora na loja oficial da Microsoft? Clique aqui e conheça já a Microsoft Store! 

Cupons de desconto TecMundo: