A China é um tanto quanto restritiva quando o assunto é considerar a adoção de alguns recursos e tecnologias estrangeiras, mas vira e mexe acaba permitindo que algumas delas se tornem acessíveis aos habitantes do país – ainda que com algumas ressalvas. Um desses exemplos é a Wikipédia, e por conta disso o país está trabalhando em uma enciclopédia online que vai funcionar como uma alternativa ao site mencionado.

De acordo com informações publicadas pelo South China Morning Post, a enciclopédia online nacional (conhecida como Chinese Encyclopedia) vai contar com 300 mil entradas, sendo que cada uma delas vai apresentar aproximadamente mil palavras. A ideia é publicá-la no próximo ano e fazer com que ela tenha o mesmo tamanho da versão chinesa do Wikipédia.

“A Chinese Encyclopedia não é um livro, mas uma muralha da cultura”, explicou Yang Muzhi, editor do projeto. Além disso, ele também revelou que mais de 20 mil autores de universidades e instituições de pesquisa estão trabalhando para compilar a enciclopédia online e fazer dela um livro digital sobre todos os assuntos.

Vale lembrar que, na China, o conteúdo da Wikipédia não está totalmente completo. Entradas que tratam de personalidades políticas como Dalai Lama ou o presidente Xi Jinping, que são considerados assuntos mais sensíveis, estão bloqueados por lá.

...

E se o TecMundo fizesse eventos presenciais para discutir os temas mais interessantes relacionados a tecnologia? Cadastre-se no TecSpot e saiba tudo em primeira mão!

Cupons de desconto TecMundo: