(Fonte da imagem: Reprodução/GizmoSlip)

Fala, pessoal! Meu nome é Gustavo e sou editor-chefe da redação da NZN. Permitam-me um desabafo sincero: meu mês de dezembro foi um pesadelo em termos de eletrônicos. Após comprar um iPad mini para analisarmos aqui no Tecmundo, em duas semanas o Wi-Fi do aparelho deixou de funcionar por algum problema inexplicavelmente sinistro. Agora, aguardo o lançamento no Brasil para poder trocá-lo de graça, pois ele é importado.

Menos mau, pelo menos a Apple deu uma solução, embora não seja a ideal. Em seguida, a urucubaca atacou novamente e quase perdi um processador por superaquecimento jogando Far Cry 3 — salvo pela compra de um watercooler. Mas minha decepção maior foi com a Nintendo.

Nós sempre queremos trazer as novidades para nossos leitores em primeira mão. Apesar de muitas pessoas imaginarem o contrário, muitas vezes nós mesmos adquirimos os produtos para fazer testes e postar uma análise assim que eles começam a ser vendidos. Por conta disso, adquiri um Wii U versão Basic.

O acidente

Um dos grandes "trunfos" do novo video game da Nintendo seria a aquisição da maioria dos jogos por meio digital, no dia do lançamento. Sendo assim, efetuei diversas compras de games para me divertir em casa e para fazermos análises para o Baixaki Jogos na empresa. Infelizmente a alegria durou apenas duas semanas.

Voltando para casa com o console, como todo dia, tive a infelicidade de derrubá-lo no chão durante um breve descuido. Culpa toda minha. Resultado final: as avarias estragaram a saída HDMI e o video game deixou de transmitir para a televisão, apenas no controle.

Sabendo que a loja onde realizei a compra teria garantia apenas para problemas de fabricação, não me sobrou nada além de afogar as mágoas e adquirir novamente outro console (que veio com problemas de fabricação, mas consegui trocá-lo no mesmo dia). Desta vez peguei a versão Deluxe, que por sinal oferece descontos na loja digital em troca de pontos para realizar mais compras lá. Foi então que começou mais um capítulo triste com a “Big N” quando o assunto são recursos online...

Vai dar um Wii U de presente? Faça o download de atualização do sistema antes para não perdê-lo (Fonte da imagem: Reprodução/Nintendo)

Novo video game, velhos problemas

Todas as compras que você realiza em um Wii U ficam atreladas à conta Nintendo Network (NNID); esta, por sua vez, pertence apenas a um console — sem forma alguma de importar em outro até o momento. Inclusive, nós do Tecmundo já colocamos este fato como um dos principais problemas do lançamento do video game e uma das reclamações mais questionadas mundo afora, fazendo com que a Nintendo até alterasse o seu FAQ dizendo que futuramente isso deve ser mudado.

Tudo bem, eu estava ciente desse “detalhe”, mas o que me espantava eram os consoles de sétima geração que começaram a ser vendidos em 2005 e 2006 já terem resolvido esse percalço anos atrás, enquanto em pleno fim de 2012 o Wii U ainda está com uma filosofia tão amarrada.

Eu quero recuperar meus jogos — paguei por eles, portanto recorri a fóruns estadunidenses da própria empresa e notei vários casos semelhantes. A orientação dos usuários era enviar um email formal à Nintendo para trocar a conta por meio de um formulário totalmente escondido no site. A resposta da empresa foi um pedido de telefone para que ligassem diretamente do exterior.

Depois de dois dias passados, recebi a ligação. Uma atendente bem-educada me explicou que, como o video game não foi lançado oficialmente no Brasil, infelizmente eles não podem fazer nada. A solução oferecida é esperar o lançamento no país (sem data confirmada e com rumores para o segundo trimestre de 2013) e depois enviar os DOIS consoles para São Paulo para que houvesse a troca e reparação do video game estragado.

Posso logar na Nintendo Network em um console diferente? Não. Somente futuramente (Fonte da imagem: Reprodução/Nintendo)

Resumindo

Além de não poder jogar os games comprados por bons meses nem comprar novos, pois estaria com uma conta diferente, eu teria que enviar os dois consoles para outra cidade para ver o que seria feito apenas no ano seguinte, o que pessoalmente considero um absurdo. O mesmo poderia ter acontecido se eu tivesse tido qualquer problema com a atualização do Wii U e tivesse que trocar de console se ele não iniciasse o sistema operacional nativo.

Consciente de que meus direitos de consumidor sofrerão vários obstáculos por ter um produto importado que ainda não está à venda nas terras tupiniquins, gostaria de dedicar este artigo apenas como um alerta àqueles que pretendem ou que adquiriram o video game neste Natal com o intuito de realizar compras de jogos online.

Atenção: tome cuidado, porque você pode perder seus jogos temporariamente por muitos meses. Pense duas vezes enquanto a Nintendo não oferecer uma solução mais amigável a este problema.

Cupons de desconto TecMundo: