Pesquisadores da Universidade Brown (Rhode Island, EUA) acabam de dar um passo importante para a criação de padrões WiFi que podem ser até 100 vezes mais rápidos do que os atuais. Os cientistas conseguiram criar uma antena que torna viável o uso da frequência dos terahertz (THz) em redes de transmissão de dados, ou seja, de internet.

Superiores às frequências de megahertz (MHz) e gigahertz (GHz), as ondas terahertz ainda não são usadas extensivamente por conta de limitações físicas. Os fios de transmissão usados hoje em dia não são capazes de lidar com uma frequência tão potente e o sinal acabaria chegando prejudicado até seu destino.

Para resolver esse e outros problemas, os norte-americanos desenvolveram uma espécie de antena especial composta por duas placas de metal dispostas em paralelo, sendo que a superior possui uma fenda pela qual as ondas “vazam” em diferentes ângulos de acordo com sua frequência. Dessa forma, é possível emitir ondas terahertz de diferentes frequências – sendo cada uma um fluxo diferente de dados – para que elas sejam propagadas em vários ângulos.

Ainda que o invento seja promissor, os próprios cientistas acreditam que as redes terahertz só serão populares daqui a pelo menos 10 anos, já que existem vários outros fatores que dificultam sua aplicação. Um deles é a questão de saúde, visto que, até o momento, ninguém pôde provar que a frequente exposição a esse tipo de onda não fará mal a organismos vivos.

Nova tecnologia pode deixar seu WiFi até 100x mais rápido! Comente sobre isso no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: